Show simple item record

dc.contributor.advisorTognetta, Luciene Regina Paulino [UNESP]
dc.contributor.advisorMenin, Maria Suzana di Stefano [UNESP]
dc.contributor.authorKnoener, Darlene Ferraz
dc.date.accessioned2019-05-07T19:08:06Z
dc.date.available2019-05-07T19:08:06Z
dc.date.issued2019-02-18
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/181949
dc.description.abstractSão comuns as manifestações de violência, dentre elas o bullying e o assédio moral, no cenário educacional. Diante dos significativos índices de ocorrência desses fenômenos dentro das escolas e universidades e, da necessidade de aprofundar as investigações sobre correlação dos problemas de convivência com a formação em aspectos sociomorais e éticos dos futuros professores, este trabalho pretende ampliar os dados disponíveis para reflexão, bem como, eventualmente, para as propostas de intervenções nos ambientes de formação. O objetivo é investigar a ocorrência de problemas de convivência no ambiente universitário, em especial o bullying e o assédio moral. Também verificar, na percepção desses estudantes, a eficácia ou não das intervenções da universidade às situações de violência vividas, além de, averiguar se existem propostas de formação em seus cursos para o tema da convivência na escola. Para o levantamento da frequência e tipologias das manifestações de violência nas relações interpessoais, utilizamos de uma pesquisa on-line do tipo survey, com a opção de participação via versão impressa, aplicada em uma amostragem 318 estudantes do 1º e 3º ano de licenciaturas de diferentes campi da Universidade Estadual Paulista. Ametodologia utilizada foi um estudo de campo de abordagem quantitativadescrevendo e explicando como os fenômenos bullying e o assédio moral podem manifestar-se também em escolas de nível superior. A análise de consistência dos dados foi obtida com a utilização de técnicas estatísticas da análise fatorial exploratória e os resultados da amostra indicam haver práticas características de bullying e assédio moral nos contextos da universidade, sendo possível também, verificar fragilidades nos sistemas de acolhimento dos estudantes e no preparo para a abordagem preventiva e interventiva do bullying em sua futura prática docente.As discussões da epistemologia genética piagetiana e ainda, as contribuições da psicologia moral que delas advém forneceram a sustentação teórica a esta investigação.pt
dc.description.abstractAbstract: Manifestations of violence, such as bullying and moral harassment, are common in the educational scenario. Given the significant indexes of these phenomena within schools and universities and the need to deepen the research on the correlation of problems of coexistence with the sociomoral and ethical aspects formation of future teachers, this work intends to broaden the data available for reflection, as well as, eventually, to propound interventions in teacher training environments. The objective is to investigate the occurrence of coexistence problems in the university environment, especially bullying and moral harassment. Also, to verify, by these students’ point of view, the effectiveness or not of the interventions of the university related to the situations of violence experienced, besides, to ascertain whether there is any offer of training in their courses for the subject of the coexistence at school. To survey the frequency and types of manifestations of violence in interpersonal relationships, we used a research based on the survey type, with the option of participating with a printed version, applied in a sample of 318 students from the 1st and 3rd year of graduation degrees from different campuses of Universidade Estadual Paulista. The methodology used was a field study of quantitative approach, describing and explaining how bullying and moral harassment phenomena can also manifest in college education. The analysis of data consistency was obtained using statistical techniques from the exploratory factorial analysis and the results of the sample indicate that there are bullying and moral harassment practices in the university contexts. It is also possible to verify weaknesses in the student reception systems and in the training for the preventive and interventional approach of bullying in their future teaching practice. The discussions of Genetic Epistemology by Piaget, and still the contributions of moral psychology that come from them, provided the theoretical support for this investigation.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectBullyingpt
dc.subjectFormaçãopt
dc.subjectProfessorespt
dc.subjectAssédio Moralpt
dc.subjectUniversidadept
dc.subjectTrainingen
dc.subjectTeachersen
dc.subjectMoral Harassmenten
dc.subjectCollegeen
dc.titleQuando a convivência pede por cuidado: bullying e assédio moral em ambientes universitáriospt
dc.title.alternativeWhen the coexistence asks for care: bullying and moral harassment in university environmentsen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramEducação Escolar - FCLARpt
unesp.knowledgeAreaEducação escolarpt
unesp.researchAreaFormação de Professores, Trabalho Docente e Práticas Pedagógicas.pt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquarapt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000916147
dc.identifier.capes33004030079P2
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record