Show simple item record

dc.contributor.advisorYasui, George Shogueki
dc.contributor.authorRocha, Nathalia Raissa de Alcântara
dc.date.accessioned2019-10-10T13:05:19Z
dc.date.available2019-10-10T13:05:19Z
dc.date.issued2019-08-01
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/190691
dc.description.abstractNas últimas décadas o Brasil tornou-se um dos líderes mundiais no uso de agrotóxicos, devido à grande utilização destas substâncias na agricultura; o estado de São Paulo utiliza aproximadamente 25% do total de agrotóxicos comercializados no país sendo os herbicidas os agrotóxicos de maior consumo, devido as suas características de amplo espectro e eficiência em diferentes culturas terrestres, bem como a facilidade no controle de plantas daninhas, estes agentes químicos também são utilizados para o controle e manejo de macrófitas aquáticas. As macrófitas são plantas presentes nos ecossistemas aquáticos lóticos e lênticos, podendo ser flutuantes ou submersas, tendo basicamente como importância ecológica a criação de habitats para peixes. No entanto, o crescimento desordenado dessas plantas, devido à alta produção primária faz com que grandes extensões de área sejam tomadas pela colonização destas. Para solucionar este problema, torna-se necessário a aplicação de métodos de controle e manejo dessas plantas, através de métodos químicos, biológicos e mecânicos. Os testes de toxicidade aquática são de grande importância porque os ecossistemas aquáticos constituem os principais receptáculos de contaminantes, podendo estes serem oriundos de lançamentos direto aos corpos d’água, emitidos no ar ou solo. A concentração letal média (CL50) é aquela responsável pela morte de 50% da população, sendo utilizada em situações em que a substância é administrada em meio no qual o animal habita, no presente trabalhos utilizamos como espécie modelo o lambari do rabo amarelo (Astyanax altiparanae). Os resultados de CL50 para indivíduos adultos foi de 3,11 mg/L quando utilizamos o RoundUp Transorb e de 4,21 mg/L para o ArsenalNa, quanto ao Reglone, não foi possível determinar sua CL50. Os valores de CL50 para cada herbicida utilizado dos embriões foi de 15,57 µg/L para o herbicida RoundUp Transorb, de 8,48 µg/L como CL50 do herbicida ArsenalNa e de 0,88 µg/L para o herbicida Reglone. A concentração de 240 µg/L herbicida RoundUp transorb foi a responsável por inibir a motilidade espermática, para o herbicida ArsenalNa a concentração responsável por inibir a motilidade espermática foi a de 125 µg/L e o herbicida Reglone, a concentração que resultou na inibição da motilidade foi de 10 mg/L.pt
dc.description.abstractIn the recent decades, Brazil has become one of the world leaders in pesticides use, due its large use in agriculture; São Paulo State uses approximately 25% of the total pesticides traded in the country, being herbicides the most consumed pesticide, due to its broad spectrum and efficiency in different terrestrial crops, as well as the ease of weed control and in the management of aquatic macrophytes. Macrophytes are aquatic plants present in lotic and lentic aquatic ecosystems, where they can be floating or submerged, basically having ecological importance in the creation of habitats for many fish species. However, disordered plant growth, due to the high primary production, can lead to the colonization of large areas. To solve this problem, it’s necessary to make use of chemical, biological and mechanical methods to control these plants proliferation. Aquatic toxicity tests are of great importance since the aquatic ecosystems are major contaminant receptacles, which may come from direct releases to water bodies, carried by air or soil. The median lethal concentration (LC50) is a concentration of a given agent that kills 50% of the population, and it is used in situations where the substance is administered in the habitats that are directly in contact with the animal. In the present work, we used the yellow-tail tetra (Astyanax altiparanae) as model for the aquatic toxicity tests. Results on CL50 for adults were 3.11 mg/L for RoundUp Transorb and 4.21 mg/L for ArsenalNa. For Reglone, it was not possible to determine the LC50 on adults. The LC50 values for each herbicide used in the embryos were 15.57 µg/L for RoundUp Transorb, 8.48 µg/L for ArsenalNa and 0.88 µg/L for Reglone herbicide. The concentration of 240 µg/L of RoundUp transorb, 125 µg/L of ArsenalNa and 10 mg/L of Reglone were the dosages of each herbicide responsible for inhibiting sperm motilityen
dc.description.sponsorshipOutra
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.subjecttoxicologiapt
dc.subjectagrotóxicospt
dc.subjectAstyanax altiparanaeen
dc.subjecttoxicologyen
dc.subjectpesticidesen
dc.titleEspermatozoide, embrião ou adulto de: qual a fase do desenvolvimento é mais sensível aos efeitos toxicológicos de herbicidas presentes na águapt
dc.title.alternativeSpermatozoid, embryo or adult: which development phase is more sensitive to the toxicological effects of water herbicidesen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.description.sponsorshipIdP&D 00393-0011/2017
unesp.graduateProgramCiências Biológicas (Zoologia) - IBBpt
unesp.knowledgeAreaZoologiapt
unesp.researchAreaNão Constapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Biociências, Botucatupt
unesp.embargo24 meses após a data da defesapt
dc.identifier.aleph000925870
dc.identifier.capes33004064012P8
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record