Show simple item record

dc.contributor.advisorPinto, Rafael Zambelli de Almeida
dc.contributor.authorAraújo, Cynthia Gobbi Alves [UNESP]
dc.date.accessioned2019-10-29T18:29:11Z
dc.date.available2019-10-29T18:29:11Z
dc.date.issued2019-08-30
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/190913
dc.description.abstractIntrodução: A população está em processo de envelhecimento com o aumento da expectativa de vida mundial, consequentemente, gerando desafios para o sistema de saúde. As quedas geram graves consequências para a saúde física e mental dos idosos. Alguns estudos revelaram a prevalência e fatores de risco para quedas entretanto, pouco discutiu-se sobre dor lombar, osteoartrite de joelho, depressão, inatividade física e a má qualidade de sono como variáveis associadas. A prática de atividade física é recomendada para idosos, contudo, estudos mais recentes mostram que atividade física a depressão e a incapacidade funcional por dor lombar podem influenciar o nível de atividade física dos idosos. Objetivos: Determinar a prevalência de quedas em idosos, investigar se a presença de doenças crônicas em idosos da comunidade é um fator associado para quedas e analisar a influência da depressão e incapacidade funcional na atividade física de idosos com dor lombar. Métodos: Dois artigos foram conduzidos neste projeto. Ambos foram desenvolvidos a partir de entrevistas domiciliares na cidade de Presidente Prudente-SP, em que os participantes responderam a questionários sobre hábitos de vida, sociodemográficos, comorbidades, qualidade de sono, depressão, atividade física e histórico de quedas. Resultados: Os achados mostraram que 324 (63%) tiveram alguma queda após 60 anos e 183 (35,6%) caíram no último ano. Idade, depressão e qualidade de sono são fatores de risco para quedas na população idosa. O nível de atividade física foi associado à incapacidade funcional (OR -0.14, IC 95% -0.21 a -0.07), entretanto, a depressão não esteve associada ao nível de atividade física (OR 0.00, IC 95% -0.04 a 0.05). Conclusão: Portanto, os resultados são consistentes para afirmar que a qualidade de sono é associada às quedas em idosos e que a incapacidade funcional relacionada a dor lombar interfere no nível de atividade física de idosos da comunidade.pt
dc.description.abstractIntroduction: The population is aging with the increase of life expectancy worldwide, consequently, generating challenges for the health system. Falls cause serious consequences for physical and mental health of the older adults. Some studies have revealed the prevalence and risk factors for falls, however, little has been discussed about low back pain, knee osteoarthritis, depression, physical inactivity and poor sleep quality as associated variables. Physical activity is recommended for older adults in order to improve quality of life, however, more recent studies showed that physical activity, depression and functional disability due to low back pain can influence the level of physical activity of older adults. Objectives: To determine the prevalence of falls in older adults, to investigate whether the presence of chronic diseases in community-dwelling elderly is an associated factor for falls and to analyze the influence of depression and functional disability on the physical activity of older adults with low back pain. Methods: Two articles were conducted in this project. Both were developed from home interviews in the city of Presidente Prudente-SP, where participants answered questionnaires about lifestyle, sociodemographic, comorbidities, sleep quality, depression, physical activity and history of falls. Results: The findings showed that 324 (63%) had some fall after 60 years and 183 (35.6%) fell in the last year. Age, depression and sleep quality are risk factors for falls in the older adult’s population. Physical activity level was associated with functional disability (OR -0.14, 95% CI -0.21 to -0.07), however, depression was not associated with physical activity level (OR 0.00, 95% CI -0.04 to 0.05). Conclusion: Therefore, the results are consistent to state that the poor quality of sleep is associated with falls in older adults and that functional disability related to low back pain interferes in the level of physical activity of older adults.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectIdosopt
dc.subjectSonopt
dc.subjectDor lombarpt
dc.subjectQuedas (Acidentes) em idosospt
dc.subjectComorbidadept
dc.subjectSleepen
dc.subjectOlder adultsen
dc.subjectFallsen
dc.subjectComorbidityen
dc.titleQuedas e dor lombar em idosos da comunidade: investigando o papel das comorbidades como fatores associadospt
dc.title.alternativeFalls and low back pain in community elderly: investigating the role of comorbidities as associated factorsen
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.description.sponsorshipIdCAPES: 3300412-9pt
unesp.graduateProgramFisioterapia - FCTpt
unesp.knowledgeAreaAvaliação e intervenção em fisioterapiapt
unesp.researchAreaIdosos com dor lombar e comorbidades como fator de riscopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Tecnologia, Presidente Prudentept
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000926424
dc.identifier.capes33004129045P2
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record