Show simple item record

dc.contributor.advisorGuerra, Saulo Philipe Sebastião
dc.contributor.authorSaad, André Luiz Merthan
dc.date.accessioned2019-11-26T12:55:43Z
dc.date.available2019-11-26T12:55:43Z
dc.date.issued2019-09-27
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/191104
dc.description.abstractA evolução da cultura da cana-de-açúcar passou por transformações, ocupando um papel de destaque no cenário agrícola brasileiro, uma vez que a estimativa de produção da cultura de cana-de-açúcar para a safra 2020 está em torno de 622,3 milhões de toneladas em uma área de produção agrícola que corresponde a 8,38 milhões de hectares. O recolhimento do palhiço de cana-de-açúcar vem sendo utilizado principalmente para a produção de energia elétrica e etanol de segunda geração. O desafio do enfardamento da biomassa está relacionado com instabilidade do clima que dificulta a secagem e o armazenamento dos fardos no campo ao longo do tempo. A umidade nos fardos de palhiço de cana-de-açúcar pode provocar também a sua degradação biológica. A importância da qualidade dos fardos de palhiço de cana-de-açúcar no setor sucroenergético resultou na elaboração desta pesquisa, que teve como objetivo principal compreender o comportamento da umidade e temperatura dos fardos montados no campo sem cobertura e com duas vistas de exposição (uma vista lateral e outra vista de compactação de enfardamento orientadas para o norte verdadeiro). Para atingir esse objetivo, o comportamento da umidade dos fardos de palhiço de cana-de-açúcar foi estudado por meio da interpolação das leituras de umidade e elaboração dos gráficos em 3D. Os resultados de geoestatística demonstraram que houve um aumento de umidade no interior das pilhas de fardos durante dez meses de estocagem no campo, devido à impossibilidade de secagem no campo ao ar livre. A conclusão do trabalho demonstra que a posição de montagem de exposição de ambas as vistas não interfere na secagem natural dos fardos no campo, como também podemos inferir que o acúmulo de água oriundo das chuvas através da infiltração para o interior das pilhas de fardos de cana-de-açúcar impossibilita a sua aeração e secagem de forma natural, resultando em um aumento de temperatura interna em consequência das ações exotérmicas das atividades microbiológicas na degradação do palhiço.pt
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectEstocagem. Biomassa. Propriedades físicas. Palha. Secagempt
dc.titleAvaliação e caracterização da umidade em pilhas de fardos de palhiço de cana-de-açúcarpt
dc.title.alternativeEvaluation and characterization of humidity in bale piles of sugar cane strawpt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramAgronomia (Energia na Agricultura) - FCApt
unesp.knowledgeAreaEnergia na agriculturapt
unesp.researchAreaBiomassapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatupt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000927308pt
dc.identifier.capes33004064021P7
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record