Show simple item record

dc.contributor.advisorMagagnin, Renata Cardoso [UNESP]
dc.contributor.authorRossetto, Heloisa de Freitas Zanella
dc.date.accessioned2019-12-18T18:56:45Z
dc.date.available2019-12-18T18:56:45Z
dc.date.issued2019-10-25
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/191264
dc.description.abstractO aumento da expectativa de vida da população é um fenômeno mundial que tem provocado inúmeras preocupações, nos pesquisadores das áreas da medicina, gerontologia, psicologia e arquitetura, em relação as questões voltadas ao bem-estar na velhice. Embora o aumento desta população esteja acompanhado por uma melhoria nas condições de saúde e expectativa de vida, o número de idosos com fragilidades físicas ou mentais tende a aumentar gradativamente. O envelhecimento pode implicar em uma probabilidade maior de se ter doenças crônicas e degenerativas, onde seus efeitos estão associados a perda da autonomia e independência, e por consequência, poderá haver um aumento na demanda por cuidados especiais em relação a estes indivíduos. Diante do exposto, o objetivo desta pesquisa é propor um instrumento para avaliar a qualidade espacial em ambientes domiciliares de idosos. O instrumento foi testado em duas instituições de longa permanência de idosos (ILPI) com filosofia vicentina, implantados em duas cidades do estado de São Paulo. Os ambientes domiciliares influenciam diretamente no modo de viver e na qualidade de vida da população idosa. Muitos desses espaços tornam-se inseguros para essa população devido a elementos como pisos inadequados, má iluminação, falta de barras de apoio nos banheiros, falta de contraste entre os planos (parede/piso), mobiliário inadequado ao dimensionamento espacial, entre outros. A metodologia utilizada consiste em multimétodos, sendo adotadas técnicas de observação sistemática, walkthrough e a análise da qualidade espacial, por meio da proposição e aplicação do instrumento denominado Índice da Qualidade Espacial (IQUE) que é composto por um rol de indicadores para a avaliação da qualidade espacial de ambientes internos e externos dos domicílios destinados as pessoas idosas. Os resultados mostraram que o instrumento pode contribuir para detectar os aspectos positivos e negativos em relação a qualidade de diferentes ambientes de usos coletivo e individual, dos moradores de ILPI’s, e assim definir critérios e diretrizes para ampliar o grau de qualidade espacial de cada ambiente e da própria instituição. Os resultados podem servir como material de apoio para novos projetos e reformulações desses espaços destinados aos idosos.pt
dc.description.abstractThe increase in life expectancy of the population is a worldwide phenomenon that has caused numerous concerns among researchers in the fields of medicine, gerontology, psychology and architecture regarding issues related to well-being in old age. Although the increase in this population is accompanied by an improvement in health conditions and life expectancy, the number of elderly people with physical or mental weakness tends to increase gradually. Aging may imply a higher probability of having chronic and degenerative diseases, where their effects are associated with loss of autonomy and independence, and consequently, there may be an increase in the demand for special care in relation to these individuals. Given the above, the objective of this research is to propose an instrument to assess the spatial quality in home environments of the elderly. The instrument was tested in two long-term care institutions (ILPI) with Vincentian philosophy, located in two cities of the state of São Paulo. Home environments directly influence the lifestyle and quality of life of the elderly population. Many of these spaces become unsafe for this population due to elements such as inadequate floors, poor lighting, lack of grab bars in the bathrooms, lack of contrast between the plans (wall / floor), furniture unsuitable for spatial dimensioning, among others. The methodology used consists of multimethod, adopting systematic observation techniques, walkthrough and spatial quality analysis, by proposing and applying the instrument called Spatial Quality Index (IQUE), which is composed by a list of indicators for the evaluation of spatial quality of indoor and outdoor environments of households for the elderly. The results showed that the instrument can contribute to detect the positive and negative aspects in relation to the quality of different environments of collective and individual use, of the residents of ILPI, and thus define criteria and guidelines to increase the degree of spatial quality of each environment. from the institution itself. The results can serve as support material for new projects and reformulations of these spaces for the elderlyen
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectInstrumento para avaliação da qualidade espacialpt
dc.subjectIdosospt
dc.subjectDomicílios de idosospt
dc.subjectSpatial quality assessment instrumenten
dc.subjectLong-term care institutionen
dc.subjectElderlyen
dc.subjectElderly houseen
dc.titleInstrumento de avaliação da qualidade espacial: aplicação em instituições de longa permanência para idosospt
dc.title.alternativeSpatial quality assessment instrument - application long-term care institutionen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramArquitetura e Urbanismo - FAACpt
unesp.knowledgeAreaArquitetura e urbanismopt
unesp.researchAreaPlanejamento e avaliação do espaço construídopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Baurupt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000928121pt
dc.identifier.capes33004056090P3
dc.identifier.lattes6470698041137310
dc.identifier.orcid0000-0003-2324-5521
unesp.advisor.lattes6470698041137310
unesp.advisor.orcid0000-0003-2324-5521
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record