Show simple item record

dc.contributor.advisorDias, Ana Lúcia Braz
dc.contributor.advisorGonçalves, Harryson Júnio Lessa [UNESP]
dc.contributor.advisorDias, Ana Lúcia Braz
dc.contributor.authorMartins, Igor Micheletto
dc.date.accessioned2020-04-28T01:30:13Z
dc.date.available2020-04-28T01:30:13Z
dc.date.issued2020-02-18
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/192365
dc.description.abstractA dissertação em tela é guiada pela inquietação em saber como se estruturam as questões de gênero e de sexualidade no processo de formação inicial de professores de Matemática na Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). Esta investigação tem como objetivo analisar o processo de formação inicial dos professores de Matemática da Univesp para as relações de gênero e de diversidade sexual. Assim, derivam-se os seguintes objetivos específicos: (i) caracterizar os aspectos conceituais sobre as relações de gênero e diversidade sexual presentes no projeto pedagógico do curso de licenciatura em matemática; (ii) identificar os momentos e espaços presentes nesse processo de formação inicial. Este trabalho caracterizase como uma pesquisa qualitativa pautada na análise documental. Os documentos curriculares que constituem a investigação são as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica; Pareceres do Conselho Nacional de Educação (CNE) referentes às Diretrizes; Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Matemática; Deliberações do Conselho Estadual de Educação (CEE) de São Paulo; Plano de Desenvolvimento Institucional da Univesp; Projeto Político Pedagógico do curso de licenciatura em Matemática da Univesp; Regulamento de Estágios da Univesp. Documentos curriculares esses que foram analisados à luz da hermenêutica, de Paul Ricoeur. As análises apresentam-nos uma ausência predominante das relações de gênero e da diversidade sexual nos documentos curriculares. Quando essa temática surge em alguns documentos, não está amparada por aspectos conceituais e assume um certo vazio, ousando julga-las como ações discretas e tímidas para o desenvolvimento de tal problemática. No entanto, nossa metodologia de análise permitiu traçar possibilidades para o desenvolvimento da temática de gênero e sexualidade no curso de formação inicial de professores de matemática da Univesp. Corroboramos, assim, com a necessidade de pesquisas sobre a formação de professores para as relações de gênero e diversidade sexual, e ainda, pesquisas sobre gênero e sexualidade na Educação Matemática.pt
dc.description.abstractThe dissertation on screen is guided by the restlessness in knowing how gender and sexuality issues are structured in the process of initial training of mathematics teachers at the Virtual University of the State of São Paulo (Univesp). The general objective of the research is to analyze the process of initial training of Mathematics teachers at Univesp for gender relations and sexual diversity. Thus, we set the following specific objectives: (i) to characterize the conceptual aspects about gender relations and sexual diversity present in the pedagogical project of the degree course in Mathematics; (ii) to identify the moments and spaces present in this initial training process. This work is characterized as qualitative research based on documental analysis. The curriculum documents that constitute the research are the National Curricular Guidelines for the Training of Basic Education Teachers; Opinions of the National Education Council (CNE) regarding the Guidelines; National Curricular Guidelines for Mathematics Courses; Deliberations of the State Education Council (CEE) of São Paulo; Institutional Development Plan of Univesp; Pedagogical Political Project of the degree course in Mathematics of Univesp; Regulation of Internships of Univesp. These curricular documents were analyzed from the perspective of hermeneutics, by Paul Ricoeur. The analyses present us with a predominant absence of gender relations and sexual diversity in the curricular documents. When this theme appeared in some documents, it was not supported by conceptual aspects and assumed a certain emptiness, daring to judge them as discrete and timid actions for the development of such problem. However, our methodology of analysis allowed us to trace possibilities for the development of gender and sexuality issues in the initial training course for Univesp mathematics teachers. Thus, we corroborated the need for research on the training of teachers for gender relations and sexual diversity, and also research on gender and sexuality in Mathematics Education.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectFormação de professorespt
dc.subjectGênero e sexualidadept
dc.subjectEducação Matemáticapt
dc.subjectUNIVESPpt
dc.subjectTeacher trainingen
dc.subjectGender and sexualityen
dc.subjectMathematical Educationen
dc.titleGênero e sexualidade na formação de professores: uma análise curricular do curso de licenciatura em matemática da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP)pt
dc.title.alternativeGender and sexuality in teacher education: a curriculum analysis of the mathematics degree course at the São Paulo State Virtual University (UNIVESP)en
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramEnsino e Processos Formativos - IBILCEpt
unesp.knowledgeAreaCiências e matemáticapt
unesp.researchAreaTecnologias, Diversidades e Culturaspt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas, São José do Rio Pretopt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000930257pt
dc.identifier.capes33004153078P4
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record