Show simple item record

dc.contributor.advisorAzevedo, Silvia Maria [UNESP]
dc.contributor.authorAndrade, Anderson de Souza
dc.date.accessioned2021-01-29T13:04:13Z
dc.date.available2021-01-29T13:04:13Z
dc.date.issued2021-01-15
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/202541
dc.description.abstractO presente trabalho tem como objetivo fazer uma análise da atuação de Machado de Assis (1839-1908) e de Clarice Lispector (1920-1977) como tradutores, respectivamente, das obras The Raven (1845) e The Black Cat (1843) do escritor norte-americano Edgar Allan Poe (1809-1849). No primeiro capítulo, realizamos uma apresentação de Machado de Assis, atuando como tradutor, mas também apresentamos a recepção de Edgar Allan Poe na imprensa brasileira, e, por fim, fizemos uma análise da tradução do poema The Raven pelo autor fluminense, levando em consideração o conceito de adaptação de um texto literário para outro idioma. Para tal análise, recorremos à tradução em francês do poema de Poe, realizada por Charles Baudelaire (1821-1867), visto que Machado se valeu dessa tradução para recriar o poema em português. No segundo capítulo, fizemos rápida apresentação do trabalho de Clarice Lispector como tradutora, as primeiras traduções de obras da autora para o francês e, por fim, analisamos a tradução/adaptação de Clarice de The Black Cat, no sentido de interpretar as supressões sofridas pelo conto no decorrer da tradução. Para análise de ambas as traduções, nos valemos de Benjamin (2008), Amorim (2005), Arrojo (2005) como base teórica dos conceitos de tradução e adaptação. No terceiro e último capítulo, realizamos reflexões acerca das traduções realizadas tanto por Machado de Assis quanto por Clarice Lispector, tradutores não profissionais, pertencentes a épocas e a contextos históricos e sociais diferentes. Também exploramos os diferentes sentidos simbólicos associados às figuras do corvo e do gato, na obra original e nas respetivas traduções. Como conclusão final, observamos que as traduções e adaptações de Machado de Assis e Clarice Lispector dos textos de Poe implicaram em diferenças em relação à língua de origem, tendo em vista as implicações linguístico-culturais enfrentadas pelo tradutor literário.pt
dc.description.abstractThe present work aims to analyze the performance of Machado de Assis (1839-1908) and Clarice Lispector (1920-1977) as translators, respectively, of the works The Raven (1845) and The Black Cat (1843) of the writer American Edgar Allan Poe (1809-1849). In the first chapter, we made a presentation by Machado de Assis, acting as a translator, but we also presented the reception of Edgar Allan Poe in the Brazilian press, and, finally, we made an analysis of the translation of the poem The Raven by the Fluminense author, taking into account the concept of adapting a literary text to another language. For this analysis, we resorted to the French translation of Poe's poem, carried out by Charles Baudelaire (1821-1867), since Machado used this translation to recreate the poem in Portuguese. In the second chapter, we made a quick presentation of Clarice Lispector's work as a translator, the first translations of the author's works into French and, finally, we analyzed Clarice's translation / adaptation of The Black Cat, in order to interpret the suppressions suffered by tale in the course of translation. For the analysis of both translations, we use Benjamin (2008), Amorim (2005), Arrojo (2005) as a theoretical basis for the concepts of translation and adaptation. In the third and last chapter, we reflect on the translations made by both Machado de Assis and Clarice Lispector, non-professional translators, belonging to different times and historical and social contexts. We also explore the different symbolic meanings associated with the figures of the crow and the cat, in the original work and in the respective translations. As a final conclusion, we note that the translations and adaptations of Machado de Assis and Clarice Lispector of Poe's texts implied differences in relation to the source language, in view of the linguistic-cultural implications faced by the literary translator.pt
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectMachado de Assispt
dc.subjectClarice Lispectorpt
dc.subjectEdgar Allan Poept
dc.subjectLiteratura norte-americanapt
dc.subjectTraduçãopt
dc.subjectTranslationpt
dc.subjectNorth-American literaturept
dc.titleMachado de Assis e Clarice Lispector: tradutores de Edgar Allan Poept
dc.title.alternativeMachado de Assis and Clarice Lispector: Translators of Edgar Allan Poept
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramLetras - FCLASpt
unesp.knowledgeAreaLiteratura e vida socialpt
unesp.researchAreaFontes Primárias e História Literáriapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras, Assispt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.capes33004048019P1
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record