Show simple item record

dc.contributor.advisorKokubun, Eduardo [UNESP]
dc.contributor.advisorNakamura, Priscila Missaki [UNESP]
dc.contributor.authorUeno, Deisy Terumi
dc.date.accessioned2021-10-06T03:42:33Z
dc.date.available2021-10-06T03:42:33Z
dc.date.issued2021-08-20
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/214680
dc.description.abstractNos últimos anos observa-se um aumento exponencial de aplicativos móveis de saúde com o intuito de promover a prática de atividade física e alimentação saudável, porém verifica-se a necessidade de estudos que verifiquem os efeitos desses aplicativos, e em especial de estudos que tenham como propósito reduzir o comportamento sedentário incentivado pelo avanço das tecnologias em adolescentes. Assim, a presente tese teve como objetivo principal o desenvolvimento de um aplicativo de saúde móvel para a redução do comportamento sedentário de adolescentes. Para alcançar tal objetivo, a tese foi dividida em 4 estudos, sendo: 1) levantamento de aplicativos de comportamento sedentário disponíveis nas plataformas iTunes e Google Play; 2) revisão de escopo de estudos de intervenção com aplicativos para redução do comportamento sedentário; 3) desenvolvimento de um aplicativo de saúde móvel para redução do comportamento sedentário de adolescentes; e 4) verificar a viabilidade, por meio de estudo piloto, de uma intervenção baseada em aplicativo de saúde móvel desenvolvido para a redução do comportamento sedentário de adolescentes brasileiros. A elaboração e desenvolvimento do aplicativo PIQS (em referência as iniciais de Pausa, Intervalo, Quebra e Sedentarismo), foi baseada nos resultados encontrados nos estudos 1 e 2 e um estudo de mestrado realizado em 2018. O aplicativo PIQS, emprega funções, baseadas em técnicas de mudança de comportamento, de automonitoramento do comportamento, incentivo, prompts/dicas, definição de metas, revisão de metas, comparação social, recompensa não específica, consequências para a saúde e automonitoramento do resultado. Por fim, a realização do estudo piloto permitiu verificar que o PIQS se demonstrou uma estratégia viável e aceita pelos adolescentes para reduzir o comportamento sedentário. O uso de aplicativos móveis de saúde pode auxiliar a população na adoção de hábitos saudáveis, e em especial, na diminuição do comportamento sedentário, o qual foi o foco do presente estudo. Ainda, neste momento atual de pandemia, os aplicativos tornam-se muito mais úteis e com grande potencial para intervenções futuras.pt
dc.description.abstractIn recent years, there has been an exponential increase in health apps to promote the practice of physical activity and healthy eating. Few studies have been carried out to verify the effects of these apps, and even fewer studies have a purpose to reduce sedentary behavior encouraged by the advancement of technology in adolescents. Thus, this thesis had as its main objective the development of a mobile health application to reduce sedentary behavior in adolescents. To achieve this goal, the thesis was divided into four studies, namely: 1) survey of sedentary behavior applications available on iTunes and Google Play platforms; 2) scope review of intervention studies with applications to reduce sedentary behavior; 3) development of a mobile health to reduce sedentary behavior in adolescents; and 4) to verify the feasibility, through a pilot study, of an intervention based on a mobile health application developed to reduce sedentary behavior in Brazilian adolescents. The design and development of the PIQS (in reference to the initials of Pause, Interval, Break and, Sedentary) application were based on the results found in studies 1 and 2 and a master's study carried out in 2018. The PIQS application employs functions based on behavior change techniques, self-monitoring behavior, encouragement, prompts /tips, goal setting, goal review, social comparison, non-specific reward, health consequences, and outcome self-monitoring. Finally, the pilot study showed that the PIQS proved to be a viable strategy accepted by adolescents to reduce sedentary behavior. The use of mobile health apps can help the population to adopt healthy habits, and in particular, to reduce sedentary behavior, which was the focus of this study. Still, in this current moment of the pandemic, the apps have become much more useful and with great potential for future interventions.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.subjectSaúde móvelpt
dc.subjectEstilo de vida sedentáriopt
dc.subjectAdolescênciapt
dc.subjectMobile healthen
dc.subjectSedentary behavior lifestyleen
dc.subjectAdolescenceen
dc.titleAplicativo de saúde móvel para redução do comportamento sedentário de adolescentespt
dc.title.alternativeHealth application to reduce sedentary behavior in adolescentsen
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso restrito
dc.description.sponsorshipIdCAPES: 001.
unesp.graduateProgramCiências da Motricidade - IBRCpt
unesp.knowledgeAreaOutrapt
unesp.researchAreaAtividade Física e Capacidade Funcionalpt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Biociências, Rio Claropt
unesp.embargo18 meses após a data da defesapt
dc.identifier.capes33004137062P0
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record