Show simple item record

dc.contributor.advisorDall’Aglio-Hattnher, Marize Mattos [UNESP]
dc.contributor.authorNuss, Virginia Maria
dc.date.accessioned2021-10-14T19:17:23Z
dc.date.available2021-10-14T19:17:23Z
dc.date.issued2021-08-23
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/214759
dc.description.abstractEste trabalho visa investigar, a partir de uma perspectiva discursivo-funcional, a relação de causalidade expressa por meio de sintagmas preposicionados compostos pela preposição por seguida de um elemento nominal (por+substantivo). Defendendo a hipótese mais geral de que esses sintagmas podem ser a codificação de relações de causalidade constituídas tanto no Nível Interpessoal como no Nível Representacional, esta pesquisa tem como objetivo geral investigar o funcionamento desses sintagmas nos níveis de análise pragmático, semântico e morfossintático, buscando caracterizar seu uso dentro e fora do sistema de transitividade e os diferentes tipos de relações de causalidade que estabelecem, bem como verificar a distinção entre esses sintagmas e os demais casos de construções causais desenvolvidas. A análise do funcionamento desses sintagmas na língua portuguesa do Brasil é feita a partir de ocorrências reais coletadas, principalmente, do Corpus online do Português, organizado por Mark Davies e Michael Ferreira (2016-2021). Os resultados demonstraram que os sintagmas preposicionados com por indicando causalidade (SPpc) podem codificar relação de causalidade que se estabelece no Nível Interpessoal, com função retórica Motivação, na camada do Ato Discursivo, e no Nìvel Representacional, com função de modificador que indica as relações semânticas razão, explicação e causa, ou de argumento com função semântica causativo, de acordo com a configuração argumental da predicação. Foram encontrados ainda dois casos atípicos da expressão da causalidade por meio da construção sintagmática. Na relação razão, observou-se a possibilidade de a relação entre um (p) modificando outro (p) e, na camada do Movimento, verificou-se que a função interacional Transição também pode ser considerada como uma manifestação da causalidade.pt
dc.description.abstractThis work aims to investigate, from the perspective of Functional Discourse Grammar, the causal relation expressed through prepositional phrases composed by the preposition por followed by a nominal element (por+noun). Defending the more general hypothesis that these phrases can be the codification of causality relations constituted both at the Interpersonal Level and at the Representational Level, this research aims to investigate the functioning of these phrases at various levels of analysis, seeking to characterize their use within and outside the transitivity system and the different types of causality relations they establish, as well as verifying the distinction between these phrases and the other cases of developed causal constructions. The analysis of the functioning of these phrases is made from real occurrences of the Portuguese language of Brazil, which were collected, mainly, from the Corpus do Português, organized by Mark Davies. The results showed that the prepositional phrases with por indicating causality (SPpc) can be the codification of a causal relationship that is established at the Interpersonal Level, through the rhetorical function Motivation, in the Discourse Act layer, and in the Representational Level, through modifiers that indicate the semantic relations reason, explanation and cause, or through arguments with causative semantic function, according to the argumental configuration of the predication. Two atypical cases of expression of causality through syntagmatic construction were also found. In the relation of reason, it was observed the possibility of the relation between one (p) modifying another (p) and, in the Movement layer, it was verified that the interactional function Transition can also be considered as a manifestation of causality.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.subjectRelações de causalidadept
dc.subjectSintagma preposicionadopt
dc.subjectGramática discursivo-funcionalpt
dc.subjectCausalityen
dc.subjectPrepositional phrasesen
dc.subjectFunctional discourse grammaren
dc.titleAs relações de causalidade por meio do sintagma preposicionado por + substantivopt
dc.title.alternativeCausalities relations through the preposition por + nounen
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.description.sponsorshipIdCAPES: 001
unesp.graduateProgramEstudos Linguísticos - IBILCEpt
unesp.knowledgeAreaAnálise linguísticapt
unesp.researchAreaDescrição e análise funcional de língua falada e escritapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas, São José do Rio Pretopt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.capes33004153069P5
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record