Show simple item record

dc.contributor.advisorRezende, Maria Cristina Rosifini Alves [UNESP]
dc.contributor.authorCruz, Carolayne Cunha [UNESP]
dc.date.accessioned2022-08-05T18:48:04Z
dc.date.available2022-08-05T18:48:04Z
dc.date.issued2019-09-22
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/236011
dc.description.abstractA nomeação do encontro entre o cirurgião-dentista e uma pessoa que busca seus serviços possui variações: relação profissional /paciente, relação cirurgião-dentista/paciente, interação cirurgião-dentista/cliente, interação cirurgião-dentista/usuário, dentre outras. As justificativas para essas variações não são meramente semânticas, uma vez que a forma como denominamos algo que propicia e induz uma determinada maneira de olhar e compreender o que foi nomeado. Esta relação é construída por meio da comunicação, verbal e não verbal, estabelecida no contexto em que essa interação acontece. A qualidade dessa comunicação, acompanhada de um bom vínculo terapêutico e da sensibilidade do profissional em perceber o contexto na totalidade, é propulsora de uma eficiente atenção à saúde integral do paciente, já que, por mais aprimorada que seja uma técnica, ela tenderá a ser inócua ou alienante se não for associada a uma boa relação profissional-paciente. Ao olhar para o contexto educacional da Odontologia na atualidade, apesar de tentativas em de promover um ensino mais humanizado, compreendendo o homem em sua totalidade ainda se observa a priorização da educação teórica e técnica. Com base no exposto, o propósito deste trabalho é avaliar como o tema “relação profissional /paciente” é abordado na formação de acadêmicos de Odontologia.pt
dc.description.abstractThe naming of the meeting between the dentist and a person seeking their services has variations: professional / patient relationship, surgeon-dentist / patient relationship, surgeon-dentist / client interaction, surgeon-dentist / user interaction, among others. The justifications for these variations are not merely semantic, since the way we call something that propitiates and induces a particular way of looking at and understanding what has been named. This relationship is built through communication, verbal and non-verbal, established in the context in which this interaction takes place. The quality of this communication, coupled with a good therapeutic link and the sensitivity of the professional to perceive the context in its entirety, is a propeller of an efficient attention to the patient's integral health, since, however improved a technique, it will tend to be innocuous or alienating if it is not associated with a good professional-patient relationship. When looking at the educational context of dentistry today, despite attempts to promote a more humanized education, understanding the man as a whole, we still see the prioritization of theoretical and technical education. Based on the above, the purpose of this paper is to evaluate how the theme “professional / patient relationship” is addressed in the education of dental students.en
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamento
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.subjectUniversidadespt
dc.subjectEstudantes de odontologiapt
dc.subjectDocentes de odontologiapt
dc.subjectUniversitiesen
dc.titleAbordagem do tema “relação profissional/paciente” na formação de acadêmicos de Odontologiapt
dc.title.alternativeApproach of the theme "professional / patient relationship" among dental studentsen
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso restrito
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Odontologia, Araçatubapt
unesp.undergraduateOdontologia - FOApt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record