Show simple item record

dc.contributor.authorQUEIROZ, BRIGIDA PIMENTEL VILLAR DE [UNESP]
dc.contributor.authorMONTEIRO, REGINA TERESA ROSIM
dc.date.accessioned2014-05-20T15:09:39Z
dc.date.available2014-05-20T15:09:39Z
dc.date.issued2000-04-01
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2000000400024
dc.identifier.citationPesquisa Agropecuária Brasileira. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Informação TecnológicaPesquisa Agropecuária Brasileira, v. 35, n. 4, p. 849-856, 2000.
dc.identifier.issn0100-204X
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/27314
dc.description.abstractObjetivou-se neste trabalho, avaliar a mineralização e a formação de resíduos extraível e não-extraível de 14C-atrazina em um solo intensivamente utilizado para fins agrícolas no Estado de São Paulo. Atrazina radiomarcada foi aplicada (5 L ha-1 ou 2 mg kg-1 de i.a.) em um Latossolo Vermelho-Escuro, álico, A moderado, textura média. Frascos erlenmeyer contendo 200 g (peso seco) do solo assim preparado e com umidade ajustada para 2/3 da capacidade de campo foram enterrados na Estação Experimental de Lisímetros do CENA-USP, onde se iniciou, ao mesmo tempo, uma plantação de milho. O 14CO2 desprendido foi avaliado a cada 15 dias, durante 150 dias, e atingiu, no final desse período de incubação, 36% da atividade total aplicada, e meia-vida de 168 dias. Os resíduos formados no solo foram determinados, em termos de dessorção, com o uso de cloreto de cálcio, e, em termos de extração, com o sistema-solvente acetonitrila/água (80:20); os resíduos não-extraíveis foram avaliados por combustão. Durante o período de incubação, os resíduos extraíveis diminuíram para 1/3, enquanto os resíduos ligados (não-extraíveis) permaneceram ao redor de 34%. Os metabólitos foram identificados por cromatografia em camada delgada, e foram detectadas, nas frações dessorvidas, hidroxiatrazina (44%), desisopropilatrazina (3,28%) e atrazina (52,72%) e nas frações extraídas, hidroxiatrazina (16,22%), desisopropilatrazina (2,25%), desetilatrazina (2,24%) e atrazina (79,29%). Conclui-se que a mineralização ocorreu somente na fração de resíduos extraíveis e foi favorecida pelas condições de incubação, em que o principal fator foi a variação de temperatura.pt
dc.description.abstractThe objective of this work was to evaluate the mineralization rate and residue formation in a common soil type intensively used for agriculture in São Paulo, SP, Brazil. Atrazine 14C-ring-U-R was applied to a typic Hapludox Brazilian soil (5 L ha-1 or 2 mg kg-1 of a.i.). After this procedure, samples (200 g, dry weight basis) of this soil, with moisture adjusted to 2/3 of the field capacity, were distributed in erlenmeyer flasks. The flasks were incubated buried at CENA-USP Lysimeter Station, in a started jointly corn plantation. The evolved 14CO2 was analyzed every 15 day, during a period of 150 days. The desorbed residues were extracted with 0.01M CaCl2 solution and further extracted with the organic solvent, acetonitrile-water, 80:20, and the non-extractable residues were analysed by combustion. At the end of the incubation period (150 days), the 14CO2 evolved reached up to 36% of applied activity, and half-life of 168 days. The extractable residues decreased by 1/3 during the incubation period, while the non-extractable remained unchanged, around 34% of applied activity. TLC analyses of desorbed fraction showed hydroxiatrazine (44%), deisopropylatrazine (3.28%) and atrazine (52.72%) whereas the extracted fraction presented hydroxyatrazine (16.22%), deisopropylatrazine (2.25%), desethylatrazine (2.24%), and atrazine (79.29%). It was concluded that only the extractable fraction of residues was mineralized and that variation of the incubation temperature favored atrazine mineralization.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent849-856
dc.language.isopor
dc.publisherEmpresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
dc.relation.ispartofPesquisa Agropecuária Brasileira
dc.sourceSciELO
dc.subjectmineralizaçãopt
dc.subjectresíduospt
dc.subjectherbicidaspt
dc.subjecttriazinaspt
dc.subjectcomposto orgânico de nitrogêniopt
dc.subjectadsorçãopt
dc.subjectdessorçãopt
dc.subjectmineralizationen
dc.subjectresiduesen
dc.subjectherbicidesen
dc.subjecttriazinesen
dc.subjectorganic nitrogen compoundsen
dc.subjectadsorptionen
dc.subjectdesorptionen
dc.titleDegradação de 14C-atrazina em solo sob condições semicontroladaspt
dc.title.alternativeDegradation of 14C-atrazine in soil under outdoor conditionsen
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.contributor.institutionUniversidade de São Paulo (USP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Instituto de Biologia
dc.description.affiliationUniversidade de São Paulo Centro de Energia Nuclear na Agricultura
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Instituto de Biologia
dc.identifier.doi10.1590/S0100-204X2000000400024
dc.identifier.scieloS0100-204X2000000400024
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.identifier.fileS0100-204X2000000400024.pdf
dc.relation.ispartofjcr0.546
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record