Show simple item record

dc.contributor.authorSilva, Tiago Roque Benetoli da
dc.contributor.authorLemos, Leandro Borges [UNESP]
dc.date.accessioned2014-05-20T13:16:52Z
dc.date.available2014-05-20T13:16:52Z
dc.date.issued2008-06-01
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832008000300028
dc.identifier.citationRevista Brasileira de Ciência do Solo. Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, v. 32, n. 3, p. 1199-1207, 2008.
dc.identifier.issn0100-0683
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/3555
dc.description.abstractA acidez do solo no sistema plantio direto pode ser minimizada com aplicação superficial de calcário. Tal prática é favorecida pela permanência de restos vegetais na superfície do solo, pela liberação de compostos orgânicos hidrossolúveis, que variam de planta para planta. Por isso foi instalado um experimento em Latossolo Vermelho distrófico (V = 41 %) em Botucatu (SP), objetivando avaliar os efeitos da aplicação superficial de calcário dolomítico na concentração de cátions solúveis nos resíduos vegetais das culturas de milheto, feijão e aveia preta em dois anos agrícolas (2002/2003 e 2003/2004). No caso do feijoeiro, o delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados em esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. As parcelas foram representadas por cultivares de feijão (Carioca, IAC Carioca Eté, Pérola, IAPAR 81 e Campeão 2), enquanto as subparcelas foram formadas por doses de calcário dolomítico (sem aplicação, 1,8; 3,6 e 5,4 t ha-1). Para o milheto e aveia preta foram consideradas apenas as doses como fator. Foram avaliados os teores de Ca, Mg, K e Mn na parte aérea de todas as culturas, bem como a condutividade elétrica no extrato. Os resultados evidenciaram que os teores de Ca, K e Mg solúveis na parte aérea das culturas anuais avaliadas não foram alterados com a aplicação superficial de doses de calcário dolomítico. As culturas do milheto e feijão apresentaram maior teor de cátions solúveis na parte aérea, quando comparado ao da aveia preta.pt
dc.description.abstractSoil acidity in no-tillage systems can be amended by surface liming. This practice is favored by plant residues on the soil surface, which release water-soluble organic compounds that vary among plant species. The experiment was conducted on a Typic Hapludox (V = 41 %) in Botucatu, São Paulo State, Brazil, to evaluate the effect of surface liming on the concentration of soluble cations in millet, common bean and black-oat crop residues in two growing seasons (2002/03 and 2003/04). For common bean, a randomized complete block design in split plots with four repetitions was used; the plots were common bean cultivars (Carioca, IAC Carioca Eté, Pérola, IAPAR 81 and Campeão 2) and the subplots were surface application of increasing dolomitic lime rates (0, 1.8; 3.6 e 5.4 t ha-1), in October 2002. For millet and black-oat only the rates were considered as studied factors. The concentration of Ca, Mg, K, and Mn, and electrical conductivity were analyzed in the shoot. The water-soluble cation concentration in the evaluated crops was not affected by surface application of lime. The water-soluble cation concentration in millet and common bean shoot residues were higher than that of black-oat.en
dc.format.extent1199-1207
dc.language.isopor
dc.publisherSociedade Brasileira de Ciência do Solo
dc.relation.ispartofRevista Brasileira de Ciência do Solo
dc.sourceSciELO
dc.subjectLimingen
dc.subjectNo-tillageen
dc.subjectplant residueen
dc.subjectCalagempt
dc.subjectPlantio diretopt
dc.subjectresíduo vegetalpt
dc.titleEfeito da calagem superficial em plantio direto na concentração de cátions hidrossolúveis na parte aérea de culturas anuaispt
dc.title.alternativeEffect of surface liming of a soil under no-tillage on water-soluble cations in the shoot of annual cropsen
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionFaculdade Assis Gurgacz
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.description.affiliationFaculdade Assis Gurgacz
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias Departamento de Produção Vegetal
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias Departamento de Produção Vegetal
dc.identifier.doi10.1590/S0100-06832008000300028
dc.identifier.scieloS0100-06832008000300028
dc.identifier.wosWOS:000258415500028
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
dc.identifier.fileS0100-06832008000300028.pdf
dc.identifier.lattes0491693153157196
unesp.author.lattes0491693153157196
dc.relation.ispartofjcr0.799
dc.relation.ispartofsjr0,679
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record