Show simple item record

dc.contributor.authorDias, Laila Talarico
dc.contributor.authorAlbuquerque, Lucia Galvão de [UNESP]
dc.contributor.authorTonhati, Humberto [UNESP]
dc.contributor.authorTeixeira, Rodrigo de Almeida
dc.date.accessioned2014-05-20T13:18:27Z
dc.date.available2014-05-20T13:18:27Z
dc.date.issued2006-10-01
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982006000700006
dc.identifier.citationRevista Brasileira de Zootecnia. Sociedade Brasileira de Zootecnia, v. 35, n. 5, p. 1915-1925, 2006.
dc.identifier.issn1516-3598
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/4532
dc.description.abstractForam utilizados 21.762 registros de peso do nascimento aos 550 dias de idade de 4.221 animais para estimativa das funções de covariância empregando modelos de regressão aleatória. Os modelos incluíram, como aleatórios, os efeitos genéticos aditivo direto e materno, de ambiente permanente de animal e de ambiente permanente materno e, como fixos, os efeitos de grupo contemporâneo, a idade da vaca ao parto (linear e quadrático) e o polinômio ortogonal de Legendre da idade do animal (regressão cúbica), como covariáveis. As variâncias residuais foram modeladas por uma função de variâncias com ordens de 2 a 6. Análises com polinômios ortogonais de diversas ordens foram realizadas para os efeitos genético aditivo direto, genético aditivo materno, de ambiente permanente de animal e de ambiente permanente materno. Os modelos foram comparados pelos critérios de informação Bayesiano de Schwarz (BIC) e Akaike (AIC). O melhor modelo indicado por todos os critérios foi o que considerou o efeito genético aditivo direto ajustado por um polinômio cúbico, o efeito genético materno ajustado por um polinômio quadrático, o efeito de ambiente permanente de animal ajustado por polinômio quártico e o efeito de ambiente permanente materno ajustado por polinômio linear. As estimativas de herdabilidade para o efeito direto foram maiores no início e no final do período estudado, com valores de 0,28 ao nascimento, 0,21 aos 240 dias e 0,24 aos 550 dias de idade. As estimativas de herdabilidade materna foram maiores aos 160 dias de idade (0,10) que nas demais fases do crescimento. As correlações genéticas variaram de moderadas a altas, diminuindo conforme o aumento da distância entre as idades. Maior eficiência na seleção para peso pode ser obtida considerando os pesos pós-desmama, período em que as estimativas de variância genética e herdabilidade foram superiores.pt
dc.description.abstractData provided by the Brazilian Zebu Breeders Association (ABCZ), consisting of 21,762 records from 4,221 animals of Tabapuã cattle, weighted from birth to 550 days of age, were used to estimate covariance functions by random regression models using Legendre polynomials of order two to five. Models included the direct and maternal genetic, animal and maternal permanent environmental random effects and compared by Schwarz´s Bayesian information criteria (BIC) and Akaike´s information criteria (AIC). Both criterions suggested the model including direct genetic, maternal genetic, animal permanent and maternal permanent environmental effects respectively adjusted by cubic, quadratic, fourth order and linear polynomials, and residual variances adjusted by fifth order variance function as the best one to describe the covariance structure of the used database. Direct heritability estimates were higher at the beginning and at the end of the growth trajectory. Maternal heritability estimates increased from birth to 160 days of age and decreased thereafter. In general, genetic correlation estimates decreased as age between weights increased. Efficiency of selection may be improved by using weights of the post weaning period because of their higher genetic variance and heritability estimates.en
dc.format.extent1915-1925
dc.language.isopor
dc.publisherSociedade Brasileira de Zootecnia
dc.relation.ispartofRevista Brasileira de Zootecnia
dc.sourceSciELO
dc.subjectBeef cattleen
dc.subjectcovariance functionen
dc.subjectGrowth curveen
dc.subjectLongitudinal dataen
dc.subjectCurva de crescimentopt
dc.subjectDados longitudinaispt
dc.subjectFunções de covariânciapt
dc.subjectGado de cortept
dc.titleEstimação de parâmetros genéticos para peso do nascimento aos 550 dias de idade para animais da raça Tabapuã utilizando-se modelos de regressão aleatóriapt
dc.title.alternativeGenetic parameters for weights from birth to 550 days of age of Tabapuã cattle using random regression modelsen
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Londrina (UEL)
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.contributor.institutionUniversidade de Brasília (UnB)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual de Londrina (UEL)
dc.description.affiliationUNESP Departamento de Zootecnia
dc.description.affiliationUniversidade de Brasília (UnB)
dc.description.affiliationUnespUNESP Departamento de Zootecnia
dc.identifier.doi10.1590/S1516-35982006000700006
dc.identifier.scieloS1516-35982006000700006
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
dc.identifier.fileS1516-35982006000700006.pdf
dc.identifier.lattes7445254960858159
dc.identifier.lattes5866981114947883
unesp.author.lattes7445254960858159
unesp.author.lattes5866981114947883
unesp.author.orcid0000-0002-2030-7590[2]
dc.relation.ispartofsjr0,337
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record