Show simple item record

dc.contributor.authorLauretti, Renato Luiz Bertoni [UNESP]
dc.contributor.authorMachado, José Ricardo [UNESP]
dc.contributor.authorCrusciol, Carlos Alexandre Costa [UNESP]
dc.contributor.authorAndreotti, Marcelo [UNESP]
dc.date.accessioned2014-05-20T13:20:45Z
dc.date.available2014-05-20T13:20:45Z
dc.date.issued2001-09-01
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2001000900002
dc.identifier.citationPesquisa Agropecuária Brasileira. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Informação TecnológicaPesquisa Agropecuária Brasileira, v. 36, n. 9, p. 1093-1099, 2001.
dc.identifier.issn0100-204X
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/5848
dc.description.abstractO trabalho objetivou avaliar o efeito de diferentes manejos de água adotados na semeadura do arroz (Oryza sativa L.), em sistema pré-germinado, no estabelecimento das plantas e nos componentes vegetativos. O experimento foi conduzido no ano agrícola de 1995/96 em caixas de cimento amianto com capacidade de 500 L, contendo solo Aluvial Eutrófico de várzea, na Fazenda Experimental Lageado, no Município de Botucatu, SP. A cultivar empregada foi a IAC 102, e os tratamentos foram sete manejos de água. A semeadura de sementes pré-germinadas em solo saturado ou em lâmina de água limpa ou turva e sua retirada três dias após, apresentaram resultados semelhantes quanto à população e ao estabelecimento das plantas. A retirada da lâmina de água três dias após a semeadura resultou em maior população e fixação de plantas do que a permanência da lâmina por período maior de sete dias. A manutenção da lâmina da água limpa ou turva afetou a população de plantas e prejudicou o seu desenvolvimento inicial, causando seu estiolamento com significativa redução da produção de matéria seca. A turvação da água antes da semeadura reduziu o desenvolvimento e a população de plantas quando a lâmina de água não foi eliminada por evaporação ou retirada três dias após a semeadura.pt
dc.description.abstractThis research was carried out for studying the effects of different water managements during the drilling of pre-germinated rice (Oryza sativa L.) seeds system, on the plants settlement. The experiment was settled in the harvest 1995/96, on 500 L capacity amianthus cement boxes, with alluvial soil, at Lageado Experiment Station, Botucatu county, SP, Brazil. Pre-germinated rice seeds from IAC 102 cultivar were drilled and adjusted at seven different water management treatments. Pre-germinated rice seeds drilled in saturated soil or in water clean or dim with water removed out three days after, showed similar results on population and plant settlement. The treatment with water taken out three days after drilling promoted a better plant emergency and settlement than that one with water plate which remained more than seven days. The maintenance of the water plate clean or dirty reduced the establishment and plants population, even though with more estiolation, thinner and longer, also with reduced dry matter production. The dim water plate before drilling reduced the rice plant establishment and population, when the water plate was not evaporated or removed out three days after drilling.en
dc.format.extent1093-1099
dc.language.isopor
dc.publisherEmpresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
dc.relation.ispartofPesquisa Agropecuária Brasileira
dc.sourceSciELO
dc.subjectOryza sativapt
dc.subjectpopulação de plantaspt
dc.subjectetapas de desenvolvimentopt
dc.subjectOryza sativaen
dc.subjectplant populationen
dc.subjectdevelopmental stagesen
dc.titleEfeitos de diferentes manejos de água no estabelecimento de plantas de arroz no sistema pré-germinadopt
dc.title.alternativeEffects of different water management on the plants settlement of the pre-germinated rice seeds systemen
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Ciências Agronômicas
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Ciências Agronômicas Departamento de Produção Vegetal
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Ciências Agronômicas
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Faculdade de Ciências Agronômicas Departamento de Produção Vegetal
dc.identifier.doi10.1590/S0100-204X2001000900002
dc.identifier.scieloS0100-204X2001000900002
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatupt
dc.identifier.fileS0100-204X2001000900002.pdf
dc.identifier.lattes7000845749315355
unesp.author.lattes7000845749315355
unesp.author.lattes9281484833327774[3]
unesp.author.orcid0000-0003-4673-1071[3]
dc.relation.ispartofjcr0.546
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record