Show simple item record

dc.contributor.advisorCarvalho, Marileda Bonafim [UNESP]
dc.contributor.authorCrivelenti, Leandro Zuccolotto [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:23:46Z
dc.date.available2014-06-11T19:23:46Z
dc.date.issued2011-02-24
dc.identifier.citationCRIVELENTI, Leandro Zuccolotto. Avaliação da taxa de filtração glomerular e excreção fracionada de eletrólitos de cães com doença renal crônica tratados com dimetilsulfóxido (DMSO). 2011. xvii, 57 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2011.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/89206
dc.description.abstractO objetivo do presente trabalho foi avaliar os efeitos do tratamento com DMSO sobre alguns aspectos da função renal, do perfil bioquímico sérico, de parâmetros hematológicos e da condição clínica de cães sadios e de cães com doença renal crônica (DRC). As avaliações foram feitas antes, durante e após a administração de DMSO a 10% na dose de 0,5g/kg, cada 24h, por três dias. Os resultados mostraram que apesar de não ter havido alterações significativas da maioria dos parâmetros analisados, houve diminuição da ingestão de água e ração no grupo de cães sadios durante as primeiras 24 horas pós-tratamento. No grupo DRC, embora tenha havido tendência de diminuição dos valores de hemácias e hematócrito, relacionada ao fator tratamento, o processo foi reversível. O DMSO resultou em alguns efeitos adversos nos cães sadios e também nos cães com DRC, nos quais os efeitos foram mais frequentes e mais graves. A gravidade dos efeitos adversos relacionados ao tratamento com DMSO e possível associação com o óbito em cães com DRC em estágio 4, constituem fatores para contraindicação do fármaco. Considerando que o DMSO pode ser indicado para diversas modalidades terapêuticas, os resultados do presente estudo permitem concluir que no que se refere à função renal, tanto para cães sadios quanto para cães com DRC em estágios 2 e 3, não há contraindicações para o uso do fármaco. O DMSO pode resultar em modificações leves das funções relacionadas aos glomérulos e aos túbulos, mesmo em cães com DRC, que, sabidamente, são limitados quanto à expectativa de melhora da função renal, fato que merece investigação, principalmente em pacientes que já possam estar se beneficiando de tratamento médico de manutenção para a insuficiência renal crônicapt
dc.description.abstractThe objective of this study was to evaluate the effects of DMSO treatment on some aspects of renal function, serum profile, total blood count parameters and clinical condition of health or chronic kidney disease (CKD) dogs. The evaluations were done before, during and after the administration of DMSO 10% at a dose of 0.5g/kg, each 24h, for three days. The results showed that, although there were no significant changes in the majority of the analyzed parameters, there was decrease of the water and food intake in the health dogs group during the first 24 hours post-treatment. In the CKD group, although there was a tendency toward lower values of red blood cell count and hematocrit, related to the treatment, the process was reversible. DMSO resulted in some adverse effects in both healthy and CKD dogs, however the effects were more frequent and worse in CKD dogs. The severity of adverse effects related to the DMSO and its possible association with death in stage 4 CKD dogs, are contraindications for the drug. Considering that DMSO can be indicated for a variety of therapeutic modalities, the results of this study showed that concerning to the renal function, for both healthy and stages 2 or 3 CKD dogs, there are no contraindications for the drug usage. DMSO can result in some modifications on the functions related to glomeruli and tubules, even in CKD dogs, which are known to be limited on the expectation of renal function improvement, a fact that deserves investigation, especially in patients who are already being benefited from maintenance treatment for chronic renal failureen
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.format.extentxvii, 57 f. : il., gráfs., tabs.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.sourceAleph
dc.subjectCãopt
dc.subjectDimetilsulfóxidopt
dc.subjectDMSOpt
dc.subjectFunção renalpt
dc.subjectDogen
dc.subjectDimethyl sulfoxideen
dc.subjectRenal functionen
dc.titleAvaliação da taxa de filtração glomerular e excreção fracionada de eletrólitos de cães com doença renal crônica tratados com dimetilsulfóxido (DMSO)pt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramMedicina Veterinária - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaClínica médica veterináriapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
dc.identifier.aleph000674636
dc.identifier.filecrivelenti_lz_me_jabo.pdf
dc.identifier.capes33004102072P9
dc.identifier.lattes3011872715109081
unesp.author.lattes3011872715109081
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record