Show simple item record

dc.contributor.advisorDias-da-Silva, Maria Helena G. Frem [UNESP]
dc.contributor.authorZanardi, Gabriel Seretti [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:24:22Z
dc.date.available2014-06-11T19:24:22Z
dc.date.issued2009-10-30
dc.identifier.citationZANARDI, Gabriel Seretti. A re-introdução da sociologia nas escolas públicas: caminhos e ciladas para o trabalho docente. 2009. 136 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, 2009.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/90248
dc.description.abstractA inclusão da Sociologia no currículo do Ensino Médio decorrente da publicação da Lei 11.684/2008 acontece em um cenário marcado pelo sucateamento do sistema público de ensino. Esse trabalho tem como objetivo sinalizar alguns caminhos e ciladas para o trabalho docente decorrentes da implantação da nova disciplina, tendo como base o referencial acerca do processo de desprofissionalização e precarização do trabalho docente. Minha hipótese é que a implantação aligeirada da nova disciplina poderá comprometer sua legitimidade no currículo, tendo em vista que ela não veio aliada a um projeto educativo que valorize o conhecimento científico e a melhores condições de profissionalização para seus professores. A partir de um levantamento dos desafios que estão postos para a construção da Sociologia como conteúdo escolar e sua estruturação curricular, mediante a análise dos argumentos que justificaram sua inclusão no Ensino Médio, das respostas que os sociólogos têm oferecido sobre sua relevância e sentido, da análise das Orientações Curriculares Nacionais(OCN), e ainda da identificação dos principais focos de discussão de professores em comunidades relacionadas ao ensino de Sociologia do Orkut (site de relacionamentos da internet), esse trabalho aponta algumas questões nevrálgicas para o debate acerca desse processo, tais como a necessidade de ampliação de uma comunidade comprometida com o ensino de Sociologia, envolvendo pesquisadores e professores para pensar e propor caminhos para a disciplina. Aponta ainda que, apesar de ser o resultado de uma luta histórica de educadores e sociólogos em defesa do reconhecimento da importância dos conhecimentos sociológicos para a juventude, existe uma série de ciladas que pode vir a comprometer esse processo de implementação, tais como a não exigência de habilitação específica para o ensino de Sociologia...pt
dc.description.abstractThe inclusion of sociology in the curriculum of secondary education following the publication of Law 11684/2008 happens in a scenario marked by the scrapping of the public school system. This paper aims to signal some paths and pitfalls for teachers' work resulting from the implementation of the new discipline, based on the reference of the process of professionalization and impoverishment of teaching. My hypothesis is that the streamlined implementation of the new discipline could undermine its legitimacy in the curriculum, given that it did not come together with an educational project that enhances the scientific understanding and better standards of professionalism for teachers. From a survey of the challenges that are brought to the construction of sociology as a school curriculum and its structure by analysis of the arguments that justify their inclusion in high school, the answers that sociologists have offered on its relevance and meaning of analysis of the National Curriculum Guidelines (OCN), and also the identification of the main focuses of discussion in communities of teachers concerning the teaching of sociology Orkut (social networking site of the Internet), this work shows some sensitive agricultural issues to the debate on this process, such as the need for expansion of a community committed to the teaching of Sociology, involving researchers and teachers to think and propose ways to discipline. He points out that, despite being the result of a historic struggle of educators and sociologists in the interest of recognizing the importance of sociological knowledge to the youth, there are a number of pitfalls that could eventually jeopardize the implementation process, such as not requiring specific authorization for the teaching of sociology, the precariousness of employment contracts offered to teachers and the reduced number of classes taken to discipline... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent136 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectEducaçãopt
dc.subjectSociologiapt
dc.subjectReforma do ensinopt
dc.subjectPrecarização do trabalho docentept
dc.subjectTrabalho docentept
dc.subjectTeaching Sociologyen
dc.subjectTeaching Worken
dc.subjectPublic Schoolen
dc.titleA re-introdução da sociologia nas escolas públicas: caminhos e ciladas para o trabalho docentept
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramEducação Escolar - FCLARpt
unesp.knowledgeAreaEducação escolarpt
unesp.researchAreaFormação do professor, trabalho docente e prática pedagógicaspt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquarapt
dc.identifier.aleph000603837
dc.identifier.filezanardi_gs_me_arafcl.pdf
dc.identifier.capes33004030079P2
dc.identifier.lattes0432607332289452
unesp.author.lattes0432607332289452
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record