Show simple item record

dc.contributor.advisorConceição, Fabiano Tomazini da [UNESP]
dc.contributor.authorMoraes, Isabel Cristina [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:26:15Z
dc.date.available2014-06-11T19:26:15Z
dc.date.issued2011-12-15
dc.identifier.citationMORAES, Isabel Cristina. Análise da dinâmica do uso da terra e sua interferência em inundações na cidade de Rio Claro (SP). 2011. 114 f. Dissertação - (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2011.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/92936
dc.description.abstractNos estudos sobre o impacto das atividades antrópicas sobre o ambiente, têm-se a urbanização como uma das formas mais intensas de interferência na cobertura de superfície e alteração da dinâmica do escoamento superficial. No processo de uso e ocupação da terra, que contextualiza a formação das cidades, as populações comumente se fixavam às margens dos rios, e com o crescimento destes centros urbanos e o acréscimo de áreas impermeabilizadas houve a supressão das áreas de várzea, ocasionando situações de inundação. Em ambiente natural, as enchentes sempre fizeram parte da dinâmica natural do ciclo hidrológico. A impermeabilização da superfície, intensificada no Brasil principalmente a partir do crescimento das cidades na década de 70, gerou ao mesmo tempo a diminuição da capacidade de infiltração, o aumento do volume e da velocidade do escoamento superficial e a antecipação dos picos de cheias, provocando inundações mesmo em áreas que, em condições naturais, não apresentavam predisposição a tais eventos. À luz da Teoria dos Sistemas, partese da premissa de que a ocupação antrópica, sobretudo sob a forma de urbanização, interfere nas condições naturais do comportamento de uma bacia hidrográfica. Este trabalho objetivou caracterizar e avaliar as condições de drenagem na cidade de Rio Claro (SP), em diferentes cenários de ocupação urbana, considerando a bacia hidrográfica do Córrego da Servidão como unidade de análise. Por meio dos métodos do SCS (1986) – Soil Conservation Service foram avaliados os efeitos criados pela ocupação urbana no escoamento superficial em cenários de pré-canalização do córrego (1958), quando o córrego foi canalizado (1972), e no cenário atual (2006). As simulações hidráulicas e hidrológicas, implementadas no software IPHS1, foram utilizadas para...pt
dc.description.abstractIn the studies about the impact of human activities in the natural environment, urbanization is one of the most intense forms of interference in the surface coverage and changes in runoff. Concerning the use of land, which contextualizes the cities formation, the populations were fixed next to the rivers, and the increase of impermeable areas caused the suppression of floodplain, changing the river’s dynamics and therefore causing flooding situations. In natural environments, floods have always been part of the natural dynamics of the hydrological cycle. The surface sealing, intensified in Brazil mainly through the growth of cities in the 70's, led to a reduced infiltration capacity, an increased volume and velocity of runoff, and an anticipation of floods, causing flooding even in areas that, in natural conditions, had no predisposition to such events. From the premise that human occupation interferes in the natural conditions of watersheds, this work aimed at characterizing and evaluating the drainage conditions in the city of Rio Claro (SP) in different sceneries of urbanization, considering the watershed of the stream of Servidão as the unit of analysis. The SCS method (1986) - Soil Conservation Service was used to evaluate the effects created by the urban occupation in the scenery before the channeling of the stream (1958), in a scenery where the stream was channeled (1972), and the current one (2006). The hydrological simulations, implemented in the software IPHS1 according to the different rainfall events, were used as a way to understand the variables related to flood situations. From the perspective of the evolution of urban occupation, the evaluation of the drainage behavior was held to sum reflections and... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.format.extent114 f. : il., tabs.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectDrenagempt
dc.subjectSolos - Usopt
dc.subjectSolos - Impermeabilizaçãopt
dc.subjectSoil drainageen
dc.subjectWaterproofingen
dc.subjectLand useen
dc.titleAnálise da dinâmica do uso da terra e sua interferência em inundações na cidade de Rio Claro (SP)pt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramGeologia Regional - IGCEpt
unesp.knowledgeAreaGeologia regionalpt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
dc.identifier.aleph000694711
dc.identifier.filemoraes_ic_me_rcla.pdf
dc.identifier.capes33004137035P2
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record