Show simple item record

dc.contributor.advisorBerlinck, Rosane de Andrade [UNESP]
dc.contributor.authorAraújo, Leandro Silveira de [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:26:51Z
dc.date.available2014-06-11T19:26:51Z
dc.date.issued2012-06-01
dc.identifier.citationARAÚJO, Leandro Silveira de. Os valores atribuídos ao pretérito perfecto compuesto espanhol nas regiões dialetais argentinas. 2012. 212 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, 2012.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/93996
dc.description.abstractVisto que grande parte das descrições do pretérito perfecto compuesto (PPC - Este año lo hemos pasado mal) assume um caráter generalizador, isto é, apresenta a realização da forma verbal como comum a toda América hispânica ou, quando mais específica, a grupos de países que congregam diversas regiões dialetais, propusemos um estudo mais apurado da realização deste fenômeno na Argentina, procurando descrever seu comportamento e os valores que lhe são atribuídos nas regiões dialetais do país. A escolha da Argentina decorre, fundamentalmente, da impressão que tínhamos da existência de comportamentos diferentes conforme as zonas do país observadas e da inexistência de análises sistemáticas que descrevessem e comparassem o uso do PPC nas regiões dialetais argentinas. A fim de obter essas informações, analisamos entrevistas radiofônicas de uma importante cidade de cada região dialetal, pois acreditamos que este gênero discursivo pode propiciar um contexto linguístico adequado para o uso do PPC, além, é claro, de resgatar uma fala mais espontânea e menos monitorada. Por sua vez, nossa perspectiva analítica orientou-se por uma visão social da linguagem unida a pressupostos da Dialetologia, isso para possibilitar a compreensão da diversificação no uso do PPC nas diferentes regiões dialetais como uma resposta à relação imbicada que existe entre o homem (em sociedade) e sua língua. Obtivemos, ainda, contribuições teóricas advindas dos estudos da temporalidade e aspectualidade linguísticas, isso para que pudéssemos proceder à descrição dos valores associados ao uso do perfecto compuesto. O avançar dos estudos mostrou-nos que o pretérito perfecto compuesto pode ser usado de diferentes maneiras conforme as muitas regiões onde o espanhol é falado, sobretudo por ser uma forma...pt
dc.description.abstractSince most of the descriptions of the Pretérito Perfecto Compuesto (PPC - Este año lo hemos pasado mal) assumesageneralizingcharacter, that is, it presents the realization of the verbal form as common for all Hispanic America or, more specifically, for groups of countries that congregate different dialectal regions. We proposed a meticulous study of the realization of this phenomenon in Argentina, aiming to describe its usage and the valuesassigned to itin the dialectregionsof the country. The choiceof Argentinawas based fundamentallyontheimpression aboutthe existence of different conductswithin thedistricts of the countryand the lack ofsystematic analysisto describe andcomparethe use ofPPCin theArgentine dialectregions.In order toobtaininformation, we analyzed radiointerviewsof a majorcity in eachdialectregion, since we believethat this radiogenrecan providean appropriate linguistic context to analyze the use of thePPC. Furthermore,it suppliesamore spontaneousand lessmonitored speech. We also obtainedtheoretical contributorsarisingfrom the study oftemporary and aspectual linguistics, so thatwe couldproceed with thedescription of the valuesassociated with the use of Pretérito Perfecto Compuesto. Theprogressof the studiesshowedthatthe Pretérito Perfecto Compuestocan beused in different waysaccording tomany regionswhere Spanishis spoken, especially because it isanaturally polissemic form.Specifically relating to Argentina, we found, in general, the existenceof the values of present-perfect, immediate past,results, experience,persistence,absolute past and preterit perfect occurring in thecorpus wecompiled.However, asweturn towardsthe specific analysisof each dialecticregionsof the country,wenotethatall valuesare not always presented and not all carry the same intensity.Thus, view... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent212 p. : il., mapas
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.sourceAleph
dc.subjectLingua espanhola - Dialetos - Argentinapt
dc.subjectDialetologiapt
dc.subjectDialectologyen
dc.titleOs valores atribuídos ao pretérito perfecto compuesto espanhol nas regiões dialetais argentinaspt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramLinguística e Língua Portuguesa - FCLARpt
unesp.knowledgeAreaLinguistica, letras e artespt
unesp.researchAreaAnálise fonológica, morfossintática, semântica e pragmáticapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquarapt
dc.identifier.aleph000694495
dc.identifier.filearaujo_ls_me_arafcl.pdf
dc.identifier.capes33004030009P4
dc.identifier.lattes6009854924555046
unesp.author.lattes6009854924555046
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record