Show simple item record

dc.contributor.advisorCairo, Luiz Roberto Velloso [UNESP]
dc.contributor.authorOliveira, Leidiani da Silva [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:26:51Z
dc.date.available2014-06-11T19:26:51Z
dc.date.issued2009-12-21
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Leidiani da Silva. O instinto de americanidade em Americanas (1875) de Machado de Assis (1839-1908). 2009. 105 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, 2009.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/94009
dc.description.abstractEste trabalho, “O instinto de americanidade em Americanas (1875) de Machado de Assis (1839-1908)” visa o levantamento, a leitura e a análise dos poemas que tratam do tema da americanidade, sentimento de exaltação e pertença à América, na obra do referido poeta brasileiro, mais precisamente em um de seus livros de poesia intitulado Americanas. Trataremos do conceito de americanidade, relativamente novo no âmbito dos estudos literários no Brasil e da recepção do livro Americanas, pouco estudado pela crítica. Encontramos um campo fértil para tal pesquisa, tendo em vista uma reflexão sobre o que seja esse instinto, originalmente, encontrado nos autores, anglo, franco e hispanoamericanos, mas também presente em autores românticos brasileiros no momento da busca pela formação da nossa nacionalidade literária. Buscamos também verificar o lugar que ocupa o livro Americanas na construção da identidade e na trajetória literária de Machado de Assis, já que uma parcela da crítica brasileira costuma considerar medíocre sua produção em verso.pt
dc.description.abstractThis work, The american feeling in Machado de Assis’ (1839-1908) Americanas (1875), aims to raise the reading and analysis of poems which deal with Americanism, a feeling of excitement and belonging to America found in this Brazilian poet’s poems, more precisely in his book of poetry Americanas (1875). Americanism is quite a new conception and also the public reception of Americanas has been rarely studied by Brazilian literary Criticism. It shows a rich and fertile field for such research, considering that this feeling means and originally it was found in the writings of English, French and Hispanish American authors, but also in some writings of this Brazilian romantic author, who was one of the first performers of the National Brazilian literary identity. We also look for the Americanism place in Americanas on the process of construction of the identity and literary Machado de Assis career, in which some Brazilian critics have usually considered these poems a mediocre verse production.en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.format.extent105 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectAssis, Machado de, 1839-1908pt
dc.subjectLiteratura brasileira - História e críticapt
dc.subjectPoesia brasileirapt
dc.subjectIdentidadept
dc.subjectBrazilian poetryen
dc.titleO instinto de americanidade em Americanas (1875) de Machado de Assis (1839-1908)pt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramLetras - FCLASpt
unesp.knowledgeAreaLiteratura e vida socialpt
unesp.researchAreaArquivos da memória: fontes e periódicos literários e culturaispt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras, Assispt
dc.identifier.aleph000606357
dc.identifier.fileoliveira_ls_me_assis.pdf
dc.identifier.capes33004048019P1
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record