Show simple item record

dc.contributor.advisorAzevedo, Silvia Maria [UNESP]
dc.contributor.authorOliveira, Vanderléia da Silva [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:26:54Z
dc.date.available2014-06-11T19:26:54Z
dc.date.issued2002
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Vanderléia da Silva. Teixeira e Sousa e o romance-folhetim: uma leitura de O filho do pescador (1843). 2002. 224 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, 2002.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/94153
dc.description.abstractEsta Dissertação aborda a obra O Filho do Pescador (1843), de Antônio Gonçalves Teixeira e Sousa, e se faz acompanhar de um levantamento bibliográfico da produção literária do autor, dispersa em alguns periódicos do Rio de Janeiro, no período de 1840 a 1860. O trabalho objetiva resgatar a referida obra tendo em vista o seu papel no processo de formação do romance brasileiro, no início do século XIX. A proposta justifica-se pelo fato de que não só esta obra de Teixeira e Sousa, tida como iniciadora da ficção narrativa brasileira, não vem recebendo muito cuidado por parte da crítica (apesar das reedições da mesma), como também, até hoje, não se procedeu ao levantamento tanto da produção do autor, dispersa em periódicos do século XIX, quanto da crítica que aquela recebeu. O trabalho de recuperação da crítica sobre Teixeira e Sousa até o século XX mostra como as opiniões emitidas, desde o XIX, são praticamente as mesmas, o que evidencia a pouca atenção que o autor vem despertando entre os pesquisadores brasileiros.pt
dc.description.abstractThis paper deals with the novel O Filho do Pescador (1843), by Antônio Gonçalves Teixeira e Sousa, as well as with a bibliographical survey on his literary production that was dispersed from 1840 to 1860 in some publications in Rio de Janeiro.The objective is the rescue of his work because of its important role in the creation of the Brazilian novel, in the beginnings of the 19th century. The proposition is largely justified because with the work of Teixeira e Sousa the Brazilian narrative fiction begins and literary criticism never gave the due attention to it (despite its so many reprints) and, what's more, no attempt has been made to collect all his writings forgotten in so many magazines and papers of the 19th century, as well as the literary criticism of the time. Collecting all the literary reviews of Teixeira e Sousa's work up to the 20th century demonstrates that the opinions issued since the 19th century are very similar, what makes evident the lack of attention given to the author by brazilian researchers.en
dc.format.extent224 f. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectTeixeira e Sousa, Antonio Gonçalves, 1812-1861 - O Filho do pescador - Crítica e interpretaçãopt
dc.subjectLiteratura brasileira - Ficção - História e crítica - 1843pt
dc.subjectBrazilian literatureen
dc.subjectBrazilian romanticismen
dc.subjectSerial novelen
dc.titleTeixeira e Sousa e o romance-folhetim: uma leitura de O filho do pescador (1843)pt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramLetras - FCLASpt
unesp.knowledgeAreaLiteraturas de língua portuguesapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras, Assispt
dc.identifier.aleph000174860
dc.identifier.fileoliveira_vs_me_assis.pdf
dc.identifier.capes33004048019P1
dc.identifier.lattes7179920962384971
unesp.author.lattes7179920962384971
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record