Show simple item record

dc.contributor.advisorZavattini, João Afonso [UNESP]
dc.contributor.authorPinto, Paulo Henrique Pereira [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:27:48Z
dc.date.available2014-06-11T19:27:48Z
dc.date.issued2013-10-18
dc.identifier.citationPINTO, Paulo Henrique Pereira. As chuvas no estado do Tocantins: distribuição geográfica e gênese das variações rítmicas. 2013. 176 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2013.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/95539
dc.description.abstractO presente estudo trata-se de uma análise acerca da distribuição espacial e temporal das chuvas no estado do Tocantins e da participação dos sistemas atmosféricos na gênese desta. Esta pesquisa possui sua relevância, principalmente devido à sua contribuição para o conhecimento científico da área de estudo, uma vez verificada a carência de estudos climatológicos de base genética e dinâmica realizados na área em foco. Os dados de chuva utilizados nesta pesquisa provêm de estações pluviométricas da Agência Nacional da Águas (ANA) e de estações meteorológicas convencionais do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). No tratamento e análise dos dados foi utilizadas técnicas como a Análise Rítmica. A identificação dos sistemas atmosféricos foi realizada a partir da inspeção visual das Cartas Sinóticas disponibilizadas na internet pela Diretoria de Hidrografia da Marinha do Brasil. Também foram utilizadas imagens dos satélites meteorológicos GOES e METEOSAT, disponível na página do NOAA na internet. Os resultados aqui alcançados foram apresentados e analisados em forma de cartas de isoietas anuais, sazonais, mensais, pluviogramas e de gráficos de Análise Rítmica. Para proceder à análise diária do comportamento dos elementos climáticos e dos principais sistemas atmosféricos atuantes na área de estudo, recorreu-se à utilização da classificação dos “anos padrão”. Após classificados os anos de padrão seco, habitual e chuvoso foram realizadas análises diárias para os dados coletados por duas estações meteorológicos do INMET. Após a análise do material cartográfico, constatou-se que as chuvas apresentam-se mais abundantes no quadrante oeste do estado do Tocantins e um tanto mais escassas no quadrante oposto. O quadrante sul é habitualmente mais seco, mas apresentam variações dependendo...pt
dc.description.abstractThis study deals with an analysis on the spatial and temporal distribution of rainfall in the state of Tocantins and the participation of weather systems in the genesis of this. This research has relevance, mainly due to its contribution to the scientific knowledge of the study area, once verified the lack of climatological studies of the genetic basis and dynamics performed in the area in focus. The rainfall data used in this research come from rainfall stations of the Agência Nacional das Águas (ANA) and conventional meteorological stations of the Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Treatment and data analysis technique was used as the Rhythmic Analysis. The identification of weather systems was based on visual inspection of Synoptic charts available on the Internet by the Directorate of Hydrography of the Navy of Brazil. Were also used images from weather satellites GOES and METEOSAT, available on the NOAA internet. The results achieved here were analyzed and presented in the form of letters of isohyets annual, seasonal, monthly rainfalls and Analysis Rhythmic charts. For analysis of the daily behavior of climatic elements and the main atmospheric systems operating in the study area, resorted to the use of the classification of standard years. After years of sorted default dry, normal and wet analyzes were performed daily for the data collected for two meteorological stations INMET. After the analysis of cartographic material, it was found that the rains have become more abundant in the western quadrant of the state of Tocantins and somewhat scarcer in the opposite quadrant. The south quadrant is usually drier but show variations depending on the annual standard, the same occurs with the northern part. With regard to the regime, rainfall is most abundant during the spring - summer and less occurring in autumn-winter... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.format.extent176 f. : il., tabs.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectClimatologypt
dc.subjectClimatologiapt
dc.subjectChuvaspt
dc.subjectChuvas - Periodicidadept
dc.subjectTocantinspt
dc.titleAs chuvas no estado do Tocantins: distribuição geográfica e gênese das variações rítmicaspt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramGeografia - IGCEpt
unesp.knowledgeAreaOrganização do espaçopt
unesp.researchAreaAnálise ambientalpt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
dc.identifier.aleph000730576
dc.identifier.filepinto_php_me_rcla.pdf
dc.identifier.capes33004137004P0
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record