Show simple item record

dc.contributor.advisorOliveira, Livia de [UNESP]
dc.contributor.authorMarandola, Janaina de Alencar Mota e Silva [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:27:51Z
dc.date.available2014-06-11T19:27:51Z
dc.date.issued2007-11-14
dc.identifier.citationMARANDOLA, Janaina de Alencar Mota e Silva. Caminhos de morte e de vida: o rio Severino de João Cabral de Melo Neto. 2007. 133 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2007.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/95656
dc.description.abstractA obra de João Cabral de Melo Neto é uma das mais significativas de nossa literatura. Sua concepção racional da poesia atribuía à própria materialidade dos objetos seu potencial poético. Para tanto, escrevia a partir da memória, sempre distante dos lugares temas de sua poesia. Para ele, esta era uma condição necessária à escrita, embora seus poemas não possuam um tom memorialista. A memória era entendida por ele como o material de onde a poesia poderia emergir e por isso Cabral fez uma obra com referências geográficas explícitas, de forma consciente. A forma como ele enraizou sua poesia e como esta atingiu a universalidade é objeto desta pesquisa, procurando em sua poética os traços que tornam sua obra o elogio da matéria, da espacialidade e da geograficidade, enquanto elementos intrínsecos da produção artística. “Morte e vida severina”, seu poema mais conhecido, é tomado como eixo principal desta análise, a partir de suas imagens, metáforas e da própria poética cabralina. O rio Capibaribe é o caminho de Severino que emigra do sertão para Recife, promovendo uma transmutação entre homem-rio no seu caminho de morte e vida. A análise revela a importância do espaço telúrico, expressão da relação primitiva homem-meio, como a fonte de onde emerge a força imagética e metafórica da poesia.pt
dc.description.abstractThe work of João Cabral de Melo Neto is one of the most significant of our literature. His rational conception of poesy attributed to the own materiality of the objects his poetical potential. For this reason, he wrote from his memory, always far from the theme places of his poesy. It was for him a necessary condition to writing even though his poems do not possesses a memorializing tone. Memory was understood by him as the material where poesy could emerge, and for this reason, Cabral did a work with explicit geographical references in a conscientious form. The way that he established his poesy and how it reached universality is the object of this research, looking for in his poetics the traces that makes his work the eulogy of matter, of spatiality and of geographicity, while intrinsic elements of the artistically production. “Morte e Vida Severina”, his most known poem, is taken as the main axle of this analysis starting from its images, metaphors and from the own Cabral’s poetics. Capibaribe river is the path of Severino that emigrates from sertão to Recife, promoting a transmutation between man-river in his path of death and life. The analysis reveals the importance of telluric space, expression of primitive relation man-environment as the source from where emerges the imagery and metaphoric strength of the poesy.en
dc.description.sponsorshipSecretaria Estadual de Educação do Estado de São Paulo
dc.format.extent133 f. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectMelo Neto, João Cabral de, 1920-1999pt
dc.subjectGeografiapt
dc.subjectPoesiapt
dc.subjectEspaço telúricopt
dc.subjectImagens geográficaspt
dc.subjectGeografia e literaturapt
dc.subjectPoesyen
dc.subjectTelluric spaceen
dc.subjectGeographical imagesen
dc.subjectGeography and literatureen
dc.titleCaminhos de morte e de vida: o rio Severino de João Cabral de Melo Netopt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramGeografia - IGCEpt
unesp.knowledgeAreaOrganização do espaçopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
dc.identifier.aleph000539368
dc.identifier.filemarandola_jams_me_rcla.pdf
dc.identifier.capes33004137004P0
dc.identifier.lattes5937576187272672
unesp.advisor.lattes5937576187272672
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record