Show simple item record

dc.contributor.advisorSouza, Hirasilva Borba Alves de [UNESP]
dc.contributor.authorBoiago, Marcel Manente [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:28:23Z
dc.date.available2014-06-11T19:28:23Z
dc.date.issued2006-07-27
dc.identifier.citationBOIAGO, Marcel Manente. Características produtivas e qualitativas da carne de frangos alimentados com diferentes concentrações e fontes de selênio. 2006. x, 60 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2006.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/96584
dc.description.abstractEsse experimento objetivou avaliar o desempenho, rendimento de carcaça e características qualitativas da carne do peito de frangos de corte alimentados com dietas suplementadas com diferentes concentrações (0,3 e 0,5 mg/kg de ração) e fontes (orgânica e inorgânica) de Selênio, sendo o Sel-Plex TM e o selenito de sódio as fontes utilizadas. Utilizou-se 1050 aves (machos), que receberam rações isoproteicas e isoenergéticas em todas as fases de criação (1 a 21, 22 a 35 e 36 a 42 dias). Foi utilizado o esquema fatorial 2X2 + 1 (2 concentrações X 2 fontes de Se + controle) em delineamento inteiramente casualizado, com 5 tratamentos e 7 repetições, com 30 aves por parcela. A viabilidade foi melhorada com a suplementação da ração com Selênio, independente da fonte utilizada. No período de 1 a 21 dias, a suplementação melhorou o desempenho das aves, através de menor conversão alimentar.Porém, nos períodos de 1 a 35 e 1 a 42 dias o consumo de ração e o ganho de peso pioraram com a suplementação. Das fontes utilizadas, a orgânica promoveu melhora significativa no desempenho das aves em todos os períodos, sendo que os melhores resultados foram obtidos com a concentração de 0,5 mg de Se/kg de ração. Nenhum dos fatores influenciou o rendimento de carcaça e cortes. A utilização da fonte orgânica ao invés da inorgânica diminuiu a taxa de oxidação da carne do peito das aves armazenada por 7 e 15 dias a 4ºC, além de ocasionar menor luminosidade e maior pH. Houve influência das fontes e das concentrações sobre a deposição de selênio na carne, sendo a fonte orgânica superior à inorgânica e o nível de 0,5 superior ao de 0,3 mg de Se/kg de ração. A concentração de 0,5 mg de Se/kg de ração na dieta proporcionou aumento da porcentagem de cinzas na carne.pt
dc.description.abstractThis study was conducted to evaluate the effect of different concentrations (0,3 and 0,5 mg/kg) and sources (organic and inorganic) of selenium on performance, carcass and parts yield and breast meat quality of broilers (Cobb 500). 1050 one-day-old male chicks were distributed in a completely randomized design in a 2x2+1 factorial arrangement (2 concentrations, 2 sources and 1 control diet), with 7 repetitions per treatment and 30 birds per replicate. The experiment lasted 42 days and the diet for each phase (1-21, 1-35 and 1-42 days) were corn-soybean meal based. The results showed better viability when the supplemented diets were used, independent of the source. In the first period (1 to 21 days), the supplementation provided an improvement on performance, with better feed conversion. However, the results were different in the others breeding phases (1 - 35 and 1 - 42 days), with decrease (P<0,05) on feed intake and weight gain when the supplementation was used. The organic source (Sel-Plex®) provided better results when offered in the second concentration (0,5 mg/kg). None of the factors influenced the carcass and parts yields. The organic source provided a significant decrease in the meat oxidation when it was stored for 7 and 15 days (4ºC). The lightness tended to decrease and the pH tended to increase when the Se-enriched-yeast (Sel-Plex®) was used. There were source and concentration effects on the meat selenium deposition, being the organic source better than the inorganic source (sodium selenite) and the second concentration (0,5 mg/kg) better than the first (0,3 mg/kg).The concentration of 0,5 mg/kg provided increase of the percentage of ashes in the meat.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extentx, 60 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectCarne - Qualidadept
dc.subjectFrango de cortept
dc.subjectSelenio na nutrição animalpt
dc.subjectMineral orgânicopt
dc.subjectTBARSpt
dc.subjectSelenium sourcesen
dc.subjectBroileren
dc.subjectMeat qualityen
dc.subjectOrganic mineralen
dc.titleCaracterísticas produtivas e qualitativas da carne de frangos alimentados com diferentes concentrações e fontes de selêniopt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramZootecnia - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaProdução animalpt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
dc.identifier.aleph000481894
dc.identifier.fileboiago_mm_me_jabo.pdf
dc.identifier.capes33004102002P0
dc.identifier.lattes0308819230398219
unesp.author.lattes0308819230398219
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record