Show simple item record

dc.contributor.advisorVelini, Edivaldo Domingues [UNESP]
dc.contributor.advisorLopes, Catalina Romero [UNESP]
dc.contributor.advisorNegrisoli, Eduardo [UNESP]
dc.contributor.authorSaraiva, Thiago Silvestre [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:28:36Z
dc.date.available2014-06-11T19:28:36Z
dc.date.issued2010-09-08
dc.identifier.citationSARAIVA, Thiago Silvestre. Investigação de efeitos alelopáticos de espécies do gênero Arachis. 2010. v, 53 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, 2010.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/97186
dc.description.abstractO presente estudo foi conduzido no Núcleo de Pesquisas Avançadas em Matologia – NUPAM, do Departamento de Agricultura e Melhoramento Vegetal da Faculdade de Ciências Agronômicas – Campus de Botucatu – UNESP, localizada na Fazenda Experimental Lageado, no município de Botucatu, São Paulo, Brasil. O objetivo foi identificar os efeitos alelopáticos de três espécies do gênero Arachis (Arachis pintoi, Arachis repens e Arachis repens miúda), utilizando solo e a solução de solo, avaliando a germinação e o crescimento de alface (Lactuca sativa L.) e arroz (Oryza sativa L.) espécies sensíveis a testes de alelopátia, sendo adotadas como indicadoras; braquiária (Brachiaria decumbens Stapf) e corda-de-viola (Ipomoea grandifolia) espécies adotadas como plantas daninhas. Para tanto, utilizaram-se três distintos procedimentos experimentais. Os estudos envolveram a utilização de solo e solução de solo retirada de uma área cultivada com as espécies do gênero Arachis. Os experimentos foram instalados no delineamento experimental inteiramente casualizados e o numero de tratamentos e de repetições seguiram as particularidades de cada estudo. No estudo de crescimento em solo com e sem o cultivo das espécies do gênero Arachis, avaliou-se o crescimento em centímetros (cm), matéria seca em gramas (g) e o número de folhas. Ocorreram efeitos inibitórios dos solos cultivados com as espécies de gênero Arachis em O. sativa e I. grandifolia, sendo o uso da metodologia de crescimento em solo a que mais se aproxima das condições encontradas campo, devendo ser priorizada em futuros estudos. Nos estudos de germinação em solução de solo e, em solo com e sem o cultivo de espécies do gênero Arachis avaliou-se a germinação em porcentagem (%), matéria seca em gramas (g), índice de velocidade de emergência (IVG) e o tempo médio de germinação (t). Os efeitos encontrados foram...pt
dc.description.abstractThis study was conducted at the Center for Advanced Research in Matologia - NUPAM, Department of Agriculture and Plant Breeding, Faculty of Agricultural Sciences - Campus of Botucatu - UNESP, in the Experimental Farm Lageado, in Botucatu, São Paulo, Brazil. The objective was to identify the allelopathic effects of three species of the genus Arachis (Arachis pintoi, Arachis repens and Arachis repens small), using soil and soil solution, evaluating the germination and growth of lettuce (Lactuca sativa L.) and rice (Oryza sativa L.) susceptible to tests of allelopathy, being used as indicators; (Brachiaria decumbens) and morningglory (Ipomoea grandifolia) species taken as weed. To this end, we used three different experimental procedures. The studies involved the use of soil and soil solutions taken from the area cultivated with the species of the genus Arachis. The experiments were conducted in randomized experimental design and number of treatments and replications followed the particularities of each study. In the study of growth in soil with and without the cultivation of species of the genus Arachis was evaluated on the growth in centimeters (cm), dry weight in grams (g) and number of leaves. There were inhibitory effects of soils the species of the genus Arachis in O. sativa and I. grandifolia, and using the methodology of growth in soil that most closely approximates the conditions encountered in the field and should be prioritized in future studies. In studies of germination in soil solutions and in soil with and without the cultivation of species of the genus Arachis evaluated the germination percentage (%), dry weight in grams (g) emergency speed index (GSI) and average germination time (t). The effects found was weak or inconsistent impossible to complete by the presence of stimulatory or inhibitory allelopathic effects of three clones of Arachis studieden
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extentv, 53 f. : gráfs., tabs.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectAlelopatiapt
dc.subjectAmendoin - Cultivopt
dc.subjectErva daninha - Controlept
dc.subjectAllelopatyen
dc.subjectArachisen
dc.titleInvestigação de efeitos alelopáticos de espécies do gênero Arachispt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramAgronomia (Proteção de Plantas) - FCApt
unesp.knowledgeAreaProteção de plantaspt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatupt
dc.identifier.aleph000629991
dc.identifier.filesaraiva_ts_me_botfca.pdf
dc.identifier.capes33004064034P1
dc.identifier.lattes9855493448161702
unesp.author.lattes9855493448161702
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record