Show simple item record

dc.contributor.advisorNeme, Carmen Maria Bueno [UNESP]
dc.contributor.authorAzevedo, Guilherme Magnoler Guedes de [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:28:59Z
dc.date.available2014-06-11T19:28:59Z
dc.date.issued2008-02-28
dc.identifier.citationAZEVEDO, Guilherme Magnoler Guedes de. A criança com psoríase e as relações vinculares com a mãe e a família. 2008. 150 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências, 2008.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/97455
dc.description.abstractO presente estudo investigou o vínculo mãe-bebê a partir do relato das mães, bem como as relações fraternais e os conflitos edípicos de crianças com psoríase em atendimento ambulatorial no Instituto Lauro de Souza LIma - Bauru, com base no referencial psicanalítico. A psoríase é uma doença crônica de pele, acomete de 1 a 3% da população e tem etiologia indefinida, embora fatores genéticos, ambientais e psicológicos sejam apontados como fazendo parte do quadro etiológico da doença. A literatura demonstra relações entre eventos emocionalmente traumáticos e o aparecimento ou agravamento de fenômenos psicossomáticos, entre eles a psoríase. A pele, como o maior órgão do corpo humano, serve de barreira de contato entre o indivíduo e o meio externo. É apontado como local onde são vivenciados os primeiros contatos com o mundo externo e constitui importante via corporal de formação e desenvolvimento do ego infantil. A pele representa uma divisa entre o mundo interno e o externo, ao mesmo tempo em que faz a ligação entre o indivíduo e o meio. Buscou-se estudar as relações de crianças com psoríase com suas mães e familiares, visando identificar possíveis relações compreensivas entre características dos vínculos e a doença dermatológica. Participaram do estudo 6 crianças com psoríase e suas mães, as crianças tinham entre sete e dez anos de idade. Foi realizada entrevista semi-estruturada para investigar o vínculo mãe-criança, com ênfase no vínculo primário mãe-bebê, uma vez que a literatura ressalta ser este o vínculo mais significativo para a construção da estrutura psíquica. Nas crianças, foi aplicado o Teste do Desenho da Família, visando identificar, pela interpretação dos aspectos emocionais projetados no desenho, como a criança se percebe no ambinte familiar, investigando...pt
dc.description.abstractThe present study investigated the mother-child attachment, as well as the fraternal relationship and the Oedipus Complex conflicts of children with the diagnosis of psoriasis that were under treatment at the Lauro de Souza Lima Institution - Bauru - SP, based on the psychoanalytical referential. Psoriasis is a chronic skin disease that affects from one to three per cent of the world's population. The cause of psoriasis is undefined although ambient, genetics and psychological factors are considered to play a part in its etiology. Specific literature shows evidence of a connection between emotionally traumatic events and the outcome or worsening of psychosomatic disorders, among them psoriasis. The skin, as the biggest human organ, is used as a contact barrier between the organism and the external world, and is indicated as the local where the first contacts with the world are experienced. This study examined the relationship that children bearing psoriasis had with their family, especially with their mother, aiming to indicate possible comprehensive relations between the characteristics of familiar bonds and the dermatological disease. Six children, aging between seven and ten years, bearing psoriasis and their mothers took part of this work. The mothers were interviewed and the children were submitted to the Test of the Family Drawing. The results pointed out that the mother-baby attachment of all participants showed signs of difficulties in its early stages. As a result of this, mothers and children developed pathological bonds, with symbiotic characteristics. The children demonstrate strong conflicts with their brothers, sisters and parents. Besides, they showed strong guilty and separation anxiety, related to the mother, indicating repressed aggressive impulses.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent150 f. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectPsoriasept
dc.subjectMedicina psicossomaticapt
dc.subjectVínculo (Psicologia)pt
dc.subjectPsoriasisen
dc.titleA criança com psoríase e as relações vinculares com a mãe e a famíliapt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramPsicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem - FCpt
unesp.knowledgeAreaPsicologia do desenvolvimento e aprendizagempt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, Baurupt
dc.identifier.aleph000547309
dc.identifier.fileazevedo_gmg_me_bauru.pdf
dc.identifier.capes33004056085P0
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record