Show simple item record

dc.contributor.advisorJusto, José Sterza [UNESP]
dc.contributor.authorNaputano, Marcelo [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:29:02Z
dc.date.available2014-06-11T19:29:02Z
dc.date.issued2012-12-14
dc.identifier.citationNAPUTANO, Marcelo. Identidades culturais em imigrantes de segunda geração: Os filhos de Pedrinhas. 2012. 144 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Assis, 2012.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/97593
dc.description.abstractNel mondo contemporaneo la discussione delle identità culturali è una questione non solo per gli specialisti. Noi tutti viviamo nella cosiddetta era della 'globalizzazione' e del ravvicinamento delle culture diverse che a volte sembra arricchire, e talvolta minaccioso, riguardo alle identità individuali o collettive, in precedenza considerati immutabili. Dibattiti teorici sulla questione si polarizzano a favore o contro il processo di collegamento dei popoli, delle nazioni e degli Stati nazionali e collocano in evidenza la discussione sui possibili significati e limiti dell’identità e della cultura che, nel passato, erano considerati argomenti consolidati, sicuri e impermeabili. Partendo dai teorici che affrontano la questione dell'identità nelle presenti condizioni di mobilità geografiche, sociali, culturali e psicologiche, la presente investigazione si concentra sul processo di formazione dell'identità culturale nei figli – la chiamata seconda generazione – d’immigrati italiani in Brasile, attraverso una ricerca sul campo condotta nella città di Pedrinhas Paulista (SP). Metodologicamente questa ricerca è guidata da emergenti paradigmi contemporanei nel campo delle scienze, essendo la ricerca qualitativa e il costruzionismo sociale, i riferimenti principali. Il locus della ricerca sul campo, la cittadina di Pedrinhas Paulista, fondato da immigrati italiani e ora abitata per lo più dai loro figli - i figli di Pedrinhas - offre un'opportunità davvero speciale per lo studio e la comprensione delle identità ibride che sono una delle costruzioni più impegnative della soggettività nel mondo di oggi, profondamente segnati da continui flussi migratori
dc.description.abstractNo mundo contemporâneo, a discussão a respeito das identidades culturais é assunto não somente para os acadêmicos. Todos nós vivemos na chamada época da ‘globalização’ e da aproximação das diversas culturas que, por vezes, parece enriquecedora e, outras vezes, ameaçadora em relação às identidades individuais ou coletivas, anteriormente entendidas como imutáveis. Os debates teóricos sobre o tema se polarizam a favor ou contra o processo de interligação de povos, nações e Estados Nacionais e colocam em evidência a discussão sobre os possíveis significados e limites da identidade e da cultura que, no passado, eram tomadas como objetos consolidados, seguros e impermeáveis. A partir de teóricos que tratam da identidade nas atuais condições de mobilidade geográfica, social, cultural e psicológica, a presente investigação focaliza o processo de formação de identidades culturais nos filhos – a chamada segunda geração – de imigrantes italianos para o Brasil, por meio de uma pesquisa de campo realizada na cidade de Pedrinhas Paulista (SP). Metodologicamente, esta pesquisa se orienta pelos paradigmas contemporâneos emergentes nas ciências, tendo a pesquisa qualitativa e a psicologia social construcionista como principais referências. O locus da pesquisa de campo, a pequena cidade de Pedrinhas Paulista, fundada por imigrantes italianos e, hoje, habitada majoritariamente por seus filhos – os “filhos de Pedrinhas” – oferece uma oportunidade muito especial para o estudo e a compreensão de identidades híbridas que se colocam como uma das mais desafiadoras construções de subjetividade no mundo atual, profundamente marcado por fluxos ininterruptos de migraçõespt
dc.description.abstractIn the contemporary world, the discussion of cultural identity is a matter not only for experts. We are living in the so-called era of 'globalization' and of approach of the different cultures that sometimes seem to enrich people, but other times they appear threatening, regarding the individual or collective identities, previously considered immutable. With regards to this issue, theoretical debates are polarized for or against the process of connecting people, nations and national states. They highlight the discussion on the possible meanings and limits of identity and culture that, in the past, were considered strengthened, safe and impermeable arguments. Starting from the point of view of the experts who handle the issue of identity in the current condition of geographical, social, cultural and psychological mobility, my research, conducted in the city of Pedrinhas Paulista (SP), focuses on the process of cultural identity construction – called the second generation – in sons of Italian immigrants to Brazil. Considering that the qualitative research and social constructionism are the main references, from a methodological point of view, this research is led by emerging paradigms contemporaneous in the science field. The town of Pedrinhas Paulista, locus of my fieldwork, was founded by Italian immigrants and now is inhabited mostly by their sons - the sons of Pedrinhas. It offers a very special opportunity for the study and understanding of hybrid identities that are one of the most challenging constructions of subjectivity in today's world, deeply marked by continuous migrationen
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent144 f. : il. + anexo
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectItalianos - Brasilpt
dc.subjectCulturapt
dc.subjectIdentidadept
dc.subjectGlobalizaçãopt
dc.subjectCulturept
dc.subjectIdentitypt
dc.subjectGlobalizationpt
dc.titleIdentidades culturais em imigrantes de segunda geração: Os filhos de Pedrinhaspt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramPsicologia - FCLASpt
unesp.knowledgeAreaPsicologia e sociedadept
unesp.researchAreaSubjetividade e saúde coletivapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras, Assispt
dc.identifier.aleph000707212
dc.identifier.filenaputano_m_me_assis.pdf
dc.identifier.capes33004048021P6
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record