Show simple item record

dc.contributor.advisorMarchi, Mary Rosa Rodrigues de [UNESP]
dc.contributor.authorLeandro, Fernanda Zampieri [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:29:08Z
dc.date.available2014-06-11T19:29:08Z
dc.date.issued2006-07-27
dc.identifier.citationLEANDRO, Fernanda Zampieri. Bisfenol A: validação de método e ocorrência em água superficial e tratada da cidade de Araraquara. 2006. 94 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Química., 2006.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/97864
dc.description.abstractAtualmente há um grande interesse no estudo dos desreguladores endócrinos (substâncias estranhas aos organismos, que mimetizam ou bloqueiam a ação natural dos hormônios naturais), tanto em relação ao seu destino ambiental quanto à toxicologia dos mesmos. Neste trabalho, avaliou-se o Bisfenol A (BPA), um monômero do qual se produz o plástico policarbonato. Recentemente foi proposto que o BPA exibe atividade estrogênica em concentrações de 1 ng mL-1. Neste trabalho, desenvolveu-se um método para a determinação de BPA em águas naturais, fazendo-se uso de cartuchos de poliestireno-divinilbenzeno (PSDVB) para a extração em fase sólida (SPE) e cromatografia líquida de alta eficiência com um detector de fluorescência (HPLC/FLU) para a quantificação do composto. A recuperação do método foi avaliada utilizando-se amostras de água potável fortificada em 3 níveis de concentração: 0,06; 0,2 e 0,6 ng mL-1. A extração do analito (500 mL; n=4) resultou valores de recuperações entre 99 e 100% e CV entre 0,30 e 3,9%. Os limites de detecção e quantificação do método foram 0,02 e 0,06 ng mL-1, respectivamente. O mesmo estudo foi efetuado para água superficial sendo obtidos valores de recuperação entre 85,8 e 87% para níveis de fortificação similares aos utilizados para água potável, com CV entre 1,1 e 2,3%. O método validado foi aplicado com bom desempenho às amostras de água de entrada e saída da Estação de Tratamento de Água, onde constatou-se a presença de BPA entre 11,7 e 16,8 ng mL-1 na água bruta e 6,2 e 7,3 ng mL-1 na água potável. Desta forma, o monitoramento ambiental do BPA torna-se extremamente relevante e necessário.pt
dc.description.abstractNowadays it has been increased the concern about endocrine disrupters (unknown substances for organisms that mimic or block the natural action of endogenous hormones), so much at relation of your environmental fate as toxicology about them. In this study, it had been evaluated Bisphenol A (BPA), a monomer, wich produces polycarbonate. Recently, it has been proposed that BPA exhibits estrogenic activity at 1 ng mL-1. At this work, it had been developed a method for determination of BPA at natural water with polistyrene-divinylbenzene (PSDVB) cartridge on phase solid extraction (SPE) and high performance chromatography liquid with fluorescence detection (HPLC/FLU) for the analyte's quantification. The method's recovery was evaluated with spiked drink water sample at three concentrations levels: 0,06; 0,2 and 0,6 ng mL-1. The analyte extraction (500 mL; n=4) gave recoveries between 99 and 100% with CV between 0,30 and 3,9%. The method detection and quantification limits were 0,02 and 0,06 ng mL-1, respectively. The same study was developed for superficial water with recoveries between 85,8% and 87% for similar spiked levels at the drink water with CV between 1,1 and 2,3%. The method developed was applied with good performance at water's samples of Water Treatment Plant, verifying the appearance of BPA between 11,7 and 16,8 ng mL-1 on sewage water and 6,2 until 7,3 ng mL-1 on drink water. Therefore the environmental monitoring of BPA is very important and indispensable.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent94 f. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectCromatografia líquida de alta eficiênciapt
dc.subjectPlasticos - Extração em fase sólida - Araraquara (SP)pt
dc.subjectQuímica ambiental - Validação de método analítico - Araraquara (SP)pt
dc.subjectBisphenol Aen
dc.subjectChromatography liquid with fluorescence detectionen
dc.subjectSolid extractionen
dc.titleBisfenol A: validação de método e ocorrência em água superficial e tratada da cidade de Araraquarapt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramQuímica - IQpt
unesp.knowledgeAreaQuímica analíticapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Química, Araraquarapt
dc.identifier.aleph000478095
dc.identifier.fileleandro_fz_me_araiq_prot.pdf
dc.identifier.capes33004030072P8
dc.identifier.lattes2543372149131902
unesp.author.lattes2543372149131902
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record