Exibir registro simples

dc.contributor.advisorThomaz, Maria Cristina [UNESP]
dc.contributor.authorSantos, Vivian Maia dos [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:30:17Z
dc.date.available2014-06-11T19:30:17Z
dc.date.issued2007-02-27
dc.identifier.citationSANTOS, Vivian Maia dos. Níveis de prebiótico em substituição ao antibiótico em dietas para leitões recém - desmamados. 2007. x, 57 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2007.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/99605
dc.description.abstractForam conduzidos três experimentos, com o objetivo de avaliar os efeitos da adição de diferentes níveis de prebiótico na alimentação de leitões, sobre o desempenho, desenvolvimento da mucosa intestinal, parâmetros fisiológicos, digestibilidade e metabolismo de suínos. O prebiótico utilizado foi o mananoligossacarídeo MOS. No 1º experimento, foram avaliados o desempenho e a incidência de diarréia em 30 leitões fêmeas, dos 22 aos 63 dias de idade, com peso inicial de 6,28 l 1,40 kg. A utilização de MOS nas rações de leitões recém - desmamados piorou o ganho de peso dos animais dos 22 aos 63 dias de idade, porém não teve efeito sobre a incidência de diarréia. No 2º experimento foram avaliadas a morfometria do intestino delgado e mensurados os pesos do fígado e do pâncreas, assim como, o pH dos conteúdos do estômago, intestino delgado e ceco. Foram utilizados 15 leitões fêmeas dos 22 aos 63 dias de idade, com peso inicial de 5,74 l 0,93 kg. Em ambos os experimentos, os tratamentos foram: Controle positivo CP (Dieta basal + antibiótico); Controle negativo - CN (Dieta basal); CN + 0,25% de Prebiótico; CN + 0,50% de Prebiótico; CN + 0,75% de Prebiótico, e utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso para controlar diferenças inicias de peso. Não foram observadas diferenças em nenhum dos parâmetros avaliados. No 3º experimento foram determinadas as digestibilidades dos nutrientes e da energia e o coeficiente de metabolizabilidade da energia e a energia metabolizável, das rações controle e com 0,5% de prebiótico. Utilizou-se 16 suínos machos castrados, com peso médio de 24,8 l 2,79 kg, e os blocos controlaram a repetição no tempo...pt
dc.description.abstractThree experiments were set to evaluate the effects of adding different levels of mannanoligossacharides (MOS, prebiotic) to the diet of piglets on their performance, development of intestinal mucosa, physiological parameters, digestibility and metabolism.. Corn and soybean meal were the major feed components. The first experiment evaluated the development and occurrence of diarrhea in 30 female piglets at 22 and 63 days of age, with an initial weight of 6.28 l 1.40 kg. Prebiotic additions to the diets worsen the growth performance of animals in Phase 3, but did not influence on the diarrhea incidence. The second experiment evaluated the morphometry of the small bowel, liver and pancreas weight, and the pH of stomach, small bowel and cecum contents. Fifteen female piglets were used at 22 and 63 days of age, with an initial weight of 5.74 l 0.93 kg. Both experiments were arranged in randomized blocks design to control initial weight difference, with the following treatments: positive control PC (base diet + antibiotic); negative control - NC (base diet); NC + 0.25% of prebiotic; NC + 0.50% of prebiotic; NC + 0.75% of prebiotic. No significant difference was observed in any of the studied parameters. In the third experiment, nutrient and energy digestibility were determined in feeds containing prebiotic (0.5%) or not (control). Sixteen castrated male pigs weighing 24.8 l 2.79 kg were used, and randomized blocks design was used so blocks controlled replications during time. Nutrient digestibility and feed energy were determined through the total feces collection method, using ferric oxide as fecal marker. The digestibility coefficient of the mineral matter and the digestible mineral matter were higher (P<0.05) in the control feed than in the feed containing prebiotic...(Complete abstract, click electronic address below)en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extentx, 57 f. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectLeitão (Suino)pt
dc.subjectOligossacarideospt
dc.subjectDigestibilidadept
dc.subjectCoeficiente de digestibilidadept
dc.subjectNutrientespt
dc.subjectDigestibility coefficienten
dc.subjectNutrientsen
dc.subjectOligosaccharideen
dc.titleNíveis de prebiótico em substituição ao antibiótico em dietas para leitões recém - desmamadospt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramZootecnia - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaZootecniapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
dc.identifier.aleph000493845
dc.identifier.filesantos_vm_me_jabo.pdf
dc.identifier.capes33004102002P0
dc.identifier.lattes2887188919862331
unesp.author.lattes2887188919862331
Localize o texto completo

Arquivos

Thumbnail

Este item aparece nas seguintes coleções

Exibir registro simples