Avaliação histológica do ovário de novilhas Angus x Nelore submetidas ao sombreamento em diferentes sistemas integrados de produção agropecuária

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-12-16

Orientador

Rodrigues, Flávia Thomaz Veréchia
Andriguetto, Cristiana

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Zootecnia - FCAT

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A pecuária de corte brasileira tem grande importância para a economia do país, entretanto, enfrenta algumas problemáticas. O Brasil é um país tropical, com flutuações estacionais do meio ambiente que ocasionam estresse calórico nos bovinos, desencadeando diversas respostas neurológias, fisiológicas e comportamentais para que ele retorne ao estado de homeostase, causando queda no desempenho reprodutivo. Com isso, os sistemas integrados de produção agropecuária são uma alternativa viável para reduzir os efeitos climáticos sobre os animais. Além disso, a utilização do cruzamento industrial tem sido amplamente explorado nos últimos anos, na tentativa de encontrar um animal que seja adaptado ao clima tropical do Brasil. O objetivo do projeto visa avaliar histologicamente os ovários de novilhas Angus x Nelore criadas em diferentes sistemas de integração agropecuária em relação à influência do estresse térmico, mediante técnicas histológicas de luz. O experimento teve início em Março de 2017 na Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios, Andradina/SP. Foram utilizadas novilhas vindas de cruzamento industrial Angus x Nelore, com idade média inicial de 9 meses e com peso inicial médio de 300,7 Kg. Os tratamentos foram: Tratamento 1: Sistema convencional, sem o componente arbóreo (SC); Tratamento 2: Integração pecuária floresta (IPF-1), com árvores de eucalipto plantadas em linhas simples (187 árvores/ha-1 ); Tratamento 3: Integração pecuária floresta (IPF-2), com árvores de eucalipto plantadas em linhas triplas (446 árvores/ha-1 ). Após o abate das novilhas, os ovários (direito e esquerdo) foram coletados de cada animal obtendo um total de trinta amostras que foram submetidas às técnicas histológicas de luz com a coloração de H.E., para observação da morfologia microscópica, comparando os ovários das novilhas submetidas ao sombreamento com os ovários das novilhas criadas em sistema convencional, sem o componente arbóreo. Mediante as técnicas utilizadas, foi possível observar uma intensa vascularização no ovário, mas no sistema IPF-1 foi visualizado principalmente o detalhe da parede arterial, formada por musculatura lisa, mais espessa, sugerindo que neste sistema ocorreu maior irrigação do tecido, ou seja, houve maior mobilização de sangue para esse órgão em comparação com SC, sugerindo que os ovários destas fêmeas estivessem mais funcionais que os de animais criados em sistema convencional sem o componente arbóreo.

Resumo (inglês)

Brazilian beef cattle is of great importance to the country’s economy, however, it faces some problems. The Brazil is tropical country, with seasonal fluctuations in the environment that cause heat stress in cattle, which triggers several neurological, physiological and behavioral responses for it to return to the stage of homeostasis, causing a drop in reproductive performance. With this, the integrated agricultural production systems are a viable alternative to reduce the climatic effects on the animals. Furthermore, the use of industrial crossbreeding has been widely explored in recent years, in an attempt to find an animal that is adapted to the tropical climate of Brazil. The objective of the project is to histologically evaluate the ovaries of Angus x Nellore heifers reared in different agricultural integration systems in relation to the influence of heat stress, using histological light techniques.The experiment began in March 2017 at Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios, Andradina/SP. Heifers from an Angus x Nellore indrustrial cross, with an initial average age of 9 months and an average initial weight of 300,7 kg, were used. The treatments were: Treatment 1: Conventional system, without the tree component; Treatment 2: integrated livestock forest system (IPF-1), with eucalyptus trees planted in simple lines (187 trees/ha-1 ); Treatment 3: integrated livestock forest system (IPF -2) with eucalyptus trees planted in triple rows (446 trees/ha-1). After slaughtering the heifers, the ovaries (right and left) were collected from each animal, obtaining a total of thirty samples that were submitted to light microscopy techniques with H.E. staining, for observation of the microscopic morphology, comparing the ovaries of the heifers submitted to shading with the ovaries of heifers reared on conventional system, without the tree component. It was possible to observe an intense vascularization in the ovary, but in the IPF-1 system, the detail of the arterial wall, formed by thicker smooth muscle, was observed mainly, suggesting that in this system there was greater tissue irrigation, that is, there was greater blood mobilization for this organ compared to SC, suggesting that the ovaries of these females were more functional than those of animals raised by on conventional system without the tree component.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados