Efeitos fisiológicos de fungicidas no desenvolvimento de plantas de melão rendilhado, cultivadas em ambiente protegido

dc.contributor.advisorRodrigues, João Domingos [UNESP]
dc.contributor.authorMacedo, Ana Claudia [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2014-06-11T19:26:40Z
dc.date.available2014-06-11T19:26:40Z
dc.date.issued2012-02-28
dc.description.abstractOs fungicidas até pouco tempo eram usados exclusivamente para o controle de doença, no entanto observações de efeitos fisiológicos trouxeram um novo conceito para o uso desses produtos. As estrobilurinas possuem efeitos fisiológicos positivos no rendimento das culturas, devido ao aumento da fotossíntese líquida e melhor balanço hormonal. Já o boscalida complementa a ação desses fungicidas, aplicado alternadamente ou em conjunto. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de piraclostrobina, azoxistrobina e boscalida em plantas de melão rendilhado (Cucumis melo var. reticulatus), em condições de ambiente protegido, visando seus efeitos fisiológicos no metabolismo e desenvolvimento da planta, bem como no aumento da produção e qualidade dos frutos. O experimento foi conduzido em área experimental da Faculdade de Ciências Agronômicas da Universidade Estadual Paulista, Campus de Botucatu-SP em ambiente protegido. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com cinco tratamentos: uma testemunha e quatro aplicações de fungicidas: azoxistrobina 60g ha-1, boscalida 75g ha-1, piraclostrobina 50 g ha-1, boscalida (37,5g ha-1) + piraclostrobina (25 g ha-1), aplicados 14 dias após o transplante, a intervalo de 7 dias, via foliar. O efeito dos tratamentos foi avaliado através das observações das seguintes características: trocas gasosas, eficiência do uso da água, índice SPAD na folha, atividade das enzimas nitrato redutase, peroxidase, catalase e superóxido dismutase (SOD) e na pós colheita dos frutos de melão rendilhado. Em função dos resultados obtidos, pode-se concluir que os fungicidas testados apresentam efeitos fisiológicos positivos na cultura do melão rendilhado. As plantas tratadas com boscalida obtiveram um incremento positivo na taxa de assimilação de CO2 além...pt
dc.description.abstractThe fungicides were until recently used exclusively for disease control, however observations of physiological effects brought a new concept to the use of these products. The strobilurins have positive physiological effects on crop yields, due to increased net photosynthesis and better hormonal balance. On the other hand, boscalida complements the action of these fungicides, applied alternately or together. This study aimed on evaluating the effect of pyraclostrobin, azoxystrobin and boscalida in plants of net melon (Cucumis melo var. Reticulatus) under conditions of protected environment, aiming its physiological effects on metabolism and plant development, as well as increased production and fruit quality. The experiment was conducted in the experimental area of the College of Agricultural Sciences, Universidade Estadual Paulista, Campus of Botucatu in a protected environment. The experimental design was randomized blocks with five fungicide treatments: control, 60 g azoxystrobin ha-1, 75 g ha-1 boscalid, pyraclostrobin 50 g ha-1, boscalid (37.5 g ha-1) + pyraclostrobin (25 g ha -1), applied on the leaves, 14 days after transplantation in an interval of 7 days. The treatment effect was evaluated by the following observations: gas exchange, water use efficiency, chlorophyll index, activity of the enzymes nitrate reductase, peroxidase, catalase and superoxide dismutase (SOD) and post-harvest of the fruits of net melon. According to the results obtained, it could be concluded that the fungicide that were tested have positive physiological effects on the culture of net melon. Plants treated with boscalida had a positive increase in the rate of CO2 assimilation and also a positive influence on the chlorophyll content of the leaves. The fruits from these plants had greater mass apart from higher content of soluble... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.format.extentxi, 65 f. : grafs., tabs.
dc.identifier.aleph000687063
dc.identifier.capes33004064014P0
dc.identifier.citationMACEDO, Ana Claudia. Efeitos fisiológicos de fungicidas no desenvolvimento de plantas de melão rendilhado, cultivadas em ambiente protegido. 2012. xi, 65 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas, 2012.
dc.identifier.filemacedo_ac_me_botfca.pdf
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/93473
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectMelãopt
dc.subjectFungicidas – Efeitos fisiológicospt
dc.subjectFungicides - Physiological effectsen
dc.subjectMelonen
dc.titleEfeitos fisiológicos de fungicidas no desenvolvimento de plantas de melão rendilhado, cultivadas em ambiente protegidopt
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatupt
unesp.graduateProgramAgronomia (Horticultura) - FCApt
unesp.knowledgeAreaHorticulturapt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
macedo_ac_me_botfca.pdf
Tamanho:
366.08 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format