Psiconcologia em ação: atendimento de pacientes oncológicos e familiares de Bauru e região

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2003

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Resumo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Introdução:O câncer continua sendo uma das principais causas de morte no Brasil e no mundo. Considerada doença crônica, do diagnóstico até o controle da doença ou óbito, paciente e familiares percorrem dura trajetória, permeada por perdas e contínuas demandas familiares e sócio-econômicas.A despeito do preconizado pela Organização Mundial de Saúde e da exigência do SUS (Portaria no.3535/98; 14/10/98) obrigando a presença de psicólogos em serviços de oncologia para atendimento integral dos doentes, a realidade brasileira é ainda precária. Muitos pacientes têm seu sofrimento físico acrescido da dor psíquica, resultando em agravamentos da enfermidade e dificuldades quanto à reabilitação e prevenção de recidivas ou metástases.A Psiconcologia é área de interface entre a Psicologia e a Oncologia de recente desenvolvimento.Visa o atendimento integral de pacientes e familiares, o desenvolvimento de políticas de saúde e de pesquisas na área e a formação continuada dos profissionais envolvidos. Objetivos:a)realizar atendimento psicológico psicoterápico de pacientes oncológicos, de diferentes idades, tipos de cânceres e estadiamentos da doença, internados ou em tratamento ambulatorial de quimio e radioterapia e de seus familiares, por meio de serviço de psiconcologia criado pela pesquisadora há 11 anos, em hospital geral;b) Oferecer oportunidade de prática supervisionada a graduandos e a especializandos;c) Realizar pesquisas integradas ao ensino e prestação de serviços;d) Colaborar para o desenvolvimento científico e de políticas de saúde na área. Métodos:Criou-se Serviço de Psiconcologia Hospitalar, o qual realiza atendimentos psicológicos de pacientes e familiares, atividades de formação de alunos que integram a equipe, pesquisas e outras ações, conforme objetivos descritos. Resultados:No período, foram realizados atendimentos de cerca de 500 pacientes e familiares, 2 grupos de mulheres mastectomizadas e 5 grupos de enfermeiros. Realizou-se: reuniões de equipe e de estudos, supervisão de cerca de 80 alunos, pesquisas e orientações e apresentação de trabalhos em congressos. Em ampla pesquisa realizada com 130 pacientes adultos, obteve-se resultados considerados relevantes, especialmente pela escassez de dados qualitativos e estatísticos referentes à realidade brasileira. Por meio de Prontuários, Entrevistas Clínicas de Pacientes/ Familiares e Sessões de Psicoterapia Breve, foram estudadas 69 variáveis, agrupadas nas categorias de dados:a) demográficos;b) clínico-médicos;c) história da doença;d)história de vida;e)condições psicológicas do paciente;f) enfrentamento psicológico da doença;g) caracterização do serviço de psicologia hospitalar e da psicoterapia breve;h)avaliação dos “ganhos terapêuticos” do paciente com a psicoterapia. Foram também descritos 3 casos clínicos atendidos pela pesquisadora. Resultados indicaram relações significativas entre variáveis estudadas e a efetividade da psicoterapia breve e do serviço de psiconcologia criado.

Descrição

Palavras-chave

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados

Financiadores