Composto orgânico e torta de mamona na produção e qualidade de frutos e sementes de abobrinha-de-moita

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-01-23

Orientador

Cardoso, Antonio Ismael Inácio

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Horticultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A produção orgânica está cada vez mais aumentando em importância, sendo que nesta é proibida a utilização de adubos inorgânicos. Objetivou-se com esta pesquisa estudar o efeito de doses de composto orgânico no plantio para produção de frutos e doses de torta de mamona em cobertura na produção e qualidade de frutos e de sementes de abobrinha-de-moita. Objetivou-se também, estudar tratamentos alternativos de sementes de abobrinha-de-moita. O trabalho foi dividido em quatro capítulos, sendo que no primeiro (produção de frutos imaturos) foram estudados 12 tratamentos, resultantes do fatorial 6 x 2, em um delineamento experimental de blocos ao acaso, com quatro repetições. Foram seis diferentes adubações, sendo uma inorgânica e cinco doses (0; 20; 40; 60; 80 t ha-1) de composto orgânico no plantio, e em cada adubação foram utilizadas 1 ou 2 plantas por cova. No capítulo 2 foram estudados seis tratamentos de adubação em cobertura para produção e qualidade de frutos imaturos. Foram utilizadas cinco doses de torta de mamona (TM) (0,0; 1,7; 3,4; 5,1 e 6,8 t ha-1) mais um tratamento com adubação inorgânica. No capítulo 3 foram estudados 14 tratamentos, resultantes do fatorial (4 x 3 + 1 + 1), sendo quatro doses de torta de mamona em cobertura (1,7; 3,4; 5,1 e 6,8 t ha-1) x três parcelamentos das aplicações (33-33-33%; 50-50% e 33-50-17%), além do controle com adubação inorgânica em cobertura (150 Kg ha-1 de N e 90 Kg ha-1 de K2O) e o controle sem nenhum tipo de adubação em cobertura (dose 0,0), apenas com adubação orgânica antes do plantio. No capítulo 4 foram estudados tratamentos alternativos de sementes de abobrinha-de-moita (termoterapia seca e úmida e própolis). No capítulo 1, para todas as características avaliadas relacionadas à produção de frutos por planta houve efeito linear para as doses de composto orgânico, com aumento da produção de frutos. No capítulo 2, observou-se aumento linear para todas as características avaliadas relacionadas à produção de frutos imaturos por planta quanto maior a dose de TM. Não foram observadas diferenças entre todos os tratamentos, tanto orgânicos como inorgânicos, para as características físico-químicas de qualidade de fruto avaliadas: pH, acidez titulável, textura e sólidos solúveis, obtendo-se médias de 6,33; 0,14 %; 17,31 N e 4,75 ºBrix, respectivamente. Para todas as características avaliadas pelo menos as duas maiores doses de TM (5,1 e 6,8 t ha-1) não diferenciaram da adubação inorgânica, mostrando que é possível o uso de TM em cobertura na produção de abobrinha-de-moita. Em relação aos teores de macronutrientes no fruto, foi observado efeito significativo para a maioria dos macronutrientes avaliados, exceto para o potássio, para o qual se obteve média de 52,9 g kg-1 de MS. A ordem decrescente dos teores nos frutos foi K > N > P > Mg > Ca > S. No capítulo 3, as doses de TM aumentaram o número e massa de sementes por fruto e massa de sementes por planta até a dose 4,5 t ha-1, aproximadamente. As doses de TM e o parcelamento não influenciaram na qualidade das sementes, porém as doses de 1,7; 3,4; e 5,1 t ha-1 foram superiores ao controle com adução inorgânica. A ordem decrescente dos teores de macronutrientes nas sementes foi: N > P > K > Mg > Ca > S; na folha diagnose foi K > N > Ca > P > Mg > S; e nos frutos maduros (sem sementes) foi K > N > P > Ca > Mg > S. no capítulo 4, a termoterapia a seco não afetou a germinação e o vigor das sementes. A termoterapia a úmido a 50ºC reduziu a germinação, apesar de os valores ainda estarem dentro dos padrões de germinação. A 55oC o tratamento tem que ser por menor período de tempo, até 30 minutos, e não se recomenda o tratamento a 60oC. Quanto ao própolis, resultou em pequena redução na germinação nas maiores concentrações, apesar de os valores ainda estarem dentro dos padrões de germinação.

Resumo (português)

Organic production is increasing in importance, and in this system is prohibited the use of inorganic fertilizers. The objective of this research was to study the effect of organic compost doses on planting for fuit and castor bean cake (CBC) in coverage in the production and quality of fruits and seeds of zucchini. The objective was also to study alternative treatments of seeds of zucchini. The work was divided in four chapters, the first one (production of immature fruits) were studied 12 treatments, resulting from factorial 6 x 2, in a randomized block experimental design, with four replications. There were six different fertilizations, one inorganic and five doses (0; 20; 40; 60 t ha-1 ) of organic compost in the planting, and in each fertilization 1 or 2 plants per hole were used. In Chapter 2, six treatments of castor bean cake were studied for yield and quality of immature fruits. Five doses of CBC (0.0, 1.7, 3.4, 5.1 and 6.8 t ha-1 ) plus one inorganic fertilizer treatment were used. In Chapter 3, 14 treatments were studied, resulting from the factorial (4 x 3 + 1 + 1), with four doses of CBC (1.7, 3.4, 5.1 and 6.8 t ha-1 ) x three installments (33-33-33%, 50-50% and 33-50-17%), in addition to the control with inorganic fertilization (150 kg ha-1 of N and 90 kg ha -1 of K2O) and the control without any kind of cover fertilization (dose 0,0), only with organic fertilization before planting. In Chapter 4, alternative treatments of seeds of zucchini (dry and moist thermotherapy and propolis) were studied. In Chapter 1, for all evaluated characteristics related to fruit production per plant there was a linear effect for the doses of organic compost, with increasing in the fruit production. In Chapter 2, a linear increase was observed for all evaluated characteristics related to the production of immature fruits per plant, the higher the CBC dose. No differences were observed among all treatments, both organic and inorganic, for the physico-chemical characteristics of fruits evaluated: pH, titratable acidity, texture and soluble solids, obtaining averages of 6.33; 0.14%; 17.31 N and 4.75°Brix, respectively. For all characteristics evaluated, at least the two highest doses of CBC (5.1 and 6.8 t ha-1 ) did not differ from inorganic fertilization, showing that it is possible to use CBC in coverage in the production of zucchini. Regarding the macronutrient contents in the fruit, a significant effect was observed for most of the macronutrients evaluated, except for potassium, for which an average of 52.9 g kg-1 of DM was obtained. The decreasing order of the fruit contents was K> N> P> Mg> Ca> S. In chapter 3, CBC doses increased the number and weight of seeds per fruit and seed weight per plant up to dose 4.5 t ha-1 , approximately. The doses of CBC and installments did not influence the quality of the seeds, but the doses of 1.7; 3.4; and 5.1 t ha-1 were higher than the control with inorganic fertilization. The decreasing order of macronutrient contents in the seeds was: N> P> K> Mg> Ca> S; on the diagnostic leaf was K > N > Ca> P> Mg> S; and in mature fruits (seedless) was K> N> P> Ca> Mg> S. In chapter 4, the dry thermotherapy did not affect the germination and vigor of seeds. The moist thermotherapy at 50ºC reduced germination, besides the values are within the patterns of germination. At 55oC the treatment has to be for lesser time, untill 30 minutes, and it is not recommended the treatment at 60oC. For propolis, the treatment resulted in little reduction in germination in the highest contents, in the highest concentrations, besides the values are within the patterns of germination.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados