Microinjeções intramurais de cloreto de benzalcônio na síndrome do intestino curto em ratos wistar após enterectomia extensa

dc.contributor.advisorMoraes, Paola Castro [UNESP]
dc.contributor.authorRibeiro, Juliana De Oliveira [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2021-08-05T19:28:47Z
dc.date.available2021-08-05T19:28:47Z
dc.date.issued2021-06-17
dc.description.abstractA síndrome do intestino curto (SIC) representa uma condição clínica grave, caracterizada pela deficiente absorção intestinal de nutrientes, causada pela perda extensa do intestino delgado, culminando em altas taxas de mortalidade tanto em pacientes humanos quanto veterinários. Os tratamentos disponíveis não possuem, até então, resultados satisfatórios para resolução desta importante afecção e consistem em terapias paliativas. Diversos estudos demostraram que o método de desnervação intestinal intrínseca, com utilização do Cloreto de Benzalcônio (CB), consiste em promissora esperança na busca de terapias menos invasivas e eficazes no tratamento da SIC, permitindo melhora nas condições pós-cirúrgicas e prognóstico dos pacientes, por aumentar a área absortiva do intestino. Objetivou-se, com esse trabalho, avaliar a população de células neuroendócrinas, caliciformes e serotoninérgicas na Síndrome do Intestino Curto, a fim de compreender de que maneira a desnevação mientérica com Cloreto de Benzalcônio 0,3% no íleo poderia influenciar no tratamento de pacientes portadores de SIC. Foram utilizados 18 ratos, distribuídos em três grupos (GC - Grupo Controle; GE – Grupo Enterectomia enteroanastomose e GECB - Grupo enterectomia/enteroanastomose com uso do CB) contendo seis animais cada. Os animais do GC receberam microinjeções intramurais de solução salina estéril 0,9%, os animais do GE foram submetidos à ressecção intestinal extensa e os animais do GECB foram submetidos também à ressecção intestinal extensa, porém, receberam microinjeções intramurais de CB. Posteriormente, foi realizada a análise histopatológica, histoquímica e imunoistoquímica, para avaliação da população de células neuroendócrinas no jejuno e íleo. Houve aumento significativo (p<0,05) na contagem de células serotoninérgicas no GECB nos dois segmentos intestinais estudados e não houve alteração significativa na população de células caliciformes nos diferentes grupos. Os resultados obtidos foram possíveis por meio da avaliação da marcação específica positiva para PAS na histoquímica para as células caliciformes e Anticorpo anti-serotoninérgico na imunoistoquímica para as células serotoninérgicas. Nas condições em que este trabalho fora conduzido é possível concluir que o tratamento com microinjeções intramurais de CB 0,3% no íleo de ratos Wistar não foi suficiente para alterar a população de células caliciformes nos segmentos jejunais e ileais. Conclui-se também que o CB foi capaz de promover aumento da população de células serotoninérgicas, o que por sua vez, pode auxiliar no aumento das funções promovidas pela serotonina no intestino, auxiliando no trânsito intestinal de pacientes com SIC.pt
dc.description.abstractShort bowel syndrome (SBS) represents a serious clinical condition in medicine, characterized by deficient intestinal absorption of nutrients, caused by extensive loss of the small intestine, culminating in high mortality rates in both human and veterinary patients. The available treatments do not have, until then, satisfactory results for the resolution of this important condition and consist of palliative therapies. Several studies have shown that the intrinsic intestinal denervation method, with the use of Benzalconium Chloride (BC), consists of promising hope in the search for less invasive and effective therapies in the treatment of SBS, allowing improvement in the post-surgical conditions and prognosis of patients, by increasing the absorptive area of the intestine. The objective of this work was to evaluate the population of neuroendocrine, callic and serotonergic cells in SBS, in order to understand how myenteric destination with 0.3% BC in the ileum may influence the treatment of patients with SBS. 18 rats were divided into three groups (CG - Control Group; EG–Enterectomyenteroanastomosis group and GEBC - Enterectomy/enteroanastomosis group using BC) containing six animals each. The animals of the CG received intramural microinjections of 0.9% sterile saline solution, the eg animals were submitted to extensive intestinal resection and the GEBC animals were also submitted to extensive intestinal resection, but received intramural microinjections of BC. Subsequently, histopathological, histochemistry and immunohistochemical analysis was performed to evaluate the population of neuroendocrine cells in the jejunum and ileus. There was a significant increase (p<0.05) in the count of serotonergic cells in the GEBC in the two intestinal segments studied and there was no significant change in the population of goblet cells in the different groups. The results obtained were possible by evaluating the specific positive marking for SBP in histochemistry for the goblet cells and anti-serotonergic antibody in immunohistochemistry for serotonin cells. Under the conditions in which this study was conducted, it is possible to conclude that treatment with intramural microinjections of 0.3% BC in the ileum of Wistar rats was not sufficient to alter the population of goblet cells in the jejunal and ileasegments. It is also concluded that it was able to promote an increase in the population of serotonergic cells, which in turn can help in increasing the functions promoted by serotonin in the intestine, assisting in the intestinal transit of patients with SIC.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.description.sponsorshipIdCAPES: 001
dc.identifier.capes33004102069P8
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/213885
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.subjectCélulas caliciformespt
dc.subjectIntestino delgado Doençaspt
dc.subjectRatos Wistarpt
dc.subjectIntestino delgado Cirurgiapt
dc.subjectMedicina veterináriapt
dc.subjectCirurgia veterinariapt
dc.titleMicroinjeções intramurais de cloreto de benzalcônio na síndrome do intestino curto em ratos wistar após enterectomia extensapt
dc.title.alternativeIntramural microinjections of benzalconium chloride in short bowel syndrome in wistar rats after extended enterectomyen
dc.typeTese de doutorado
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabalpt
unesp.embargo12 meses após a data da defesapt
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
unesp.graduateProgramCirurgia Veterinária - FCAVpt
unesp.knowledgeAreaCirurgia veterináriapt
unesp.researchAreaCirurgia intestinalpt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 2 de 2
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
ribeiro_jo_dr_jabo_par.pdf
Tamanho:
987.2 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
ribeiro_jo_dr_jabo_int.pdf
Tamanho:
1.77 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
3.04 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: