Marcas de (in)determinação do sujeito em textos produzidos por alunos do Ensino Médio

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-10-22

Autores

Frigieri, Thais Cristina [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O objeto da presente pesquisa intitulada Marcas de (in)determinação do sujeito em textos produzidos por alunos do Ensino Médio consistiu em investigar os recursos linguísticos utilizados pelos alunos para indeterminar o ser do qual se fala nos textos que produziram. Os recursos presentes nos textos que constituem o corpus dessa pesquisa se caracterizam por serem recursos de natureza sintático-semântica e pragmática. Como os textos que produziram pertencem ao gênero “texto de opinião”, observou-se que a indeterminação do sujeito em tais textos ocorrem por meio da operação de determinação tal como foi descrita por Mira Mateus et al. (2004), incidindo sob sintagmas nominais, que constituem um recurso recorrente para indeterminar-se semanticamente o sujeito sintático em textos representativos do gênero em questão. Este é o resultado de uma pesquisa que nos levou a esquadrinhar as gramáticas de Silveira Bueno (1951); Rocha Lima (1994); Bechara (1980); Bechara (2009); Castilho (2010) a fim de verificar em que medida as marcas de indeterminação do sujeito tal como ocorrem nos textos de opinião encontram-se descritas nas gramáticas consultadas. Realizamos ainda atividade de pesquisa junto a documentos oficiais como os Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio, publicado em 2000, pelo MEC - Ministério da Educação e Cultura -, a Proposta Curricular para o Ensino da Língua Portuguesa 1º grau, datada de 1988, e o Currículo do Estado de São Paulo: linguagens, códigos e suas tecnologias, publicado em 2012, pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, com a finalidade de identificar a concepção de gênero que esses documentos veiculam e o modo como sugerem que o professor trabalhe com a diversidade de gêneros textuais em contexto escolar. Por fim, realizamos a análise do corpus propriamente dita com base na gramática de Mira Mateus et al. (2004). Vale ressaltar que o corpus da presente pesquisa é constituído por vinte e duas produções de texto. Incorporou-se à análise o princípio segundo o qual a significação de cada uma das unidades linguísticas se encontra relacionada às unidades que estão em seu entorno, isto é, parte-se do princípio de que o significado de cada uma das unidades pode variar conforme o enunciado. A relação entre os enunciados também foi considerada relevante quando se quer entender como uma dada unidade adquire outros valores. As contribuições da presente pesquisa consistiram em demonstrar que os materiais nos quais o professor se apoia para ministrar suas aulas - como gramáticas e documentos oficiais - não lhe oferecem subsídios para trabalhar com os gêneros textuais desde que passaram a constituir um novo objeto de ensino. Constatadas as limitações dos materiais pesquisados, considera-se que esta pesquisa permitiu ampliar a descrição da Língua Portuguesa.
The object of this research entitled Marks of (in) determination of the subject in texts produced by high school students consisted of investigating the linguistic resources used by students to determine the being that is spoken of in the texts they produced. The resources present in the texts that make up the corpus of this research are characterized by being resources of syntactic-semantic and pragmatic nature. As the texts they produced belong to the “text of opinion” genre, it was observed that the subject's indeterminacy in such texts occurs through the determination operation as described by Mira Mateus et al. (2004), focusing on noun phrases, which are a recurring resource to semantically determine the syntactic subject in texts representative of the genre in question. This is the result of a research that led us to search the grammars of Silveira Bueno (1951); Rocha Lima (1994); Bechara (1980); Bechara (2009); Castilho (2010) in order to verify to what extent the subject's indeterminacy marks as they occur in the opinion texts are described in the consulted grammars. We also carried out research activity with official documents such as the National Curriculum Parameters for Secondary Education, published in 2000, by MEC - Ministry of Education and Culture -, the Curriculum Proposal for the Teaching of the Portuguese Language 1st degree, dated 1988, and the Curriculum of the State of São Paulo: languages, codes and their technologies, published in 2012, by the São Paulo State Department of Education, with the purpose of identifying the concept of gender that these documents convey and the way they suggest that the teacher work with the diversity of textual genres in the school context. Finally, we performed the analysis of the corpus itself based on the grammar of Mira Mateus et al. (2004). It is worth mentioning that the corpus of this research consists of twenty-two text productions. The principle that the meaning of each of the linguistic units is related to the units that surround it was incorporated into the analysis, that is, it is assumed that the meaning of each of the units may vary according to enunciated. The relationship between the statements was also considered relevant when one wants to understand how a given unit acquires other values. The contributions of this research consisted of demonstrating that the materials on which the teacher relies to teach his classes - such as grammars and official documents - do not offer him subsidies to work with textual genres since they started to constitute a new teaching object. Having verified the limitations of the researched materials, it is considered that this research allowed to expand the description of the Portuguese language.

Descrição

Palavras-chave

Indeterminação do sujeito, Sintagmas nominais, Textos, Gramática tradicional, Gramáticas produzidas com base na linguística

Como citar