Recidivas e recorrências de carcinomas basocelulares da face

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-04-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira de Dermatologia

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Para avaliar fatores relacionados ao seguimento oncológico dos carcinomas basocelulares da face, foi realizada a análise de série de casos. Avaliaram-se 465 pacientes, com 834 carcinomas basocelulares de face; 3,1% apresentaram recidivas. Nos tumores incompletamente excisados, a recidiva foi 14,7% contra 2,3% dos tumores, com margens livres. Ocorreram mais na região nasal. As taxas de recorrência evidenciaram risco cumulativo. Estes achados reforçam a importância do seguimento oncológico após a cirurgia do carcinoma basocelular.

Resumo (inglês)

To evaluate factors related to oncological follow-up of basal cell face carcinomas it was carried out the analysis of a series of cases. Four hundred sixty-five patients with 834 basal cell face carcinomas were evaluated; 3,1% presented recurrences. There was 14.7% of recurrence in incompletely excised tumors against 2.3% of the tumors with clear margins. Recurrences were more prevalent on the nose. Relapse rates showed a cumulative risk. These findings reinforce the importance of oncological follow-up after surgery of basal cell carcinoma.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Anais Brasileiros de Dermatologia. Sociedade Brasileira de Dermatologia, v. 86, n. 2, p. 386-388, 2011.

Itens relacionados