Estoques de madeira, biomassa, carbono e avaliação econômica de diferentes sistemas de restauração ecológica para Reserva Legal

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-07-23

Orientador

Engel, Vera Lex

Coorientador

Pós-graduação

Ciência Florestal - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Os modelos de restauração ecológica devem prever além das metas ecológicas e serviços ambientais indiretos, os aspectos econômicos, através do manejo florestal sustentável, o que é considerado ainda um desafio para a restauração ecológica. Conhecer o crescimento e produtividade através dos estoques de madeira e biomassa arbórea, é fundamental para subsidiar o plano de manejo sustentável, o qual ainda é incipiente em áreas de restauração da Reserva Legal da Floresta Estacional Semidecidual, na Mata Atlântica. Nosso objetivo foi estimar o estoque de madeira e biomassa arbórea em diferentes sítios e sistemas de restauração ecológica a fim de verificar a influência dos mesmos nos estoques. O estudo foi realizado em dois sítios experimentais: Nitossolo Vermelho (NV) e Argissolo Vermelho-Amarelo (AVA) com delineamento em blocos casualizados com três repetições e seis tratamentos com diferentes arranjos e composições: semeadura direta (SEM), com 5 espécies de rápido crescimento; alta diversidade (DIV), com 40 espécies; agroflorestal (SAFT) e consórcio para madeira serrada e lenha (CMLT) com 20 e 25 espécies, respectivamente; e, o SAFM e CMLM com corte raso da espécie exótica Mimosa caesalpiniifolia Benth. Foram inventariadas duas parcelas de 15 x 15 m, totalizando 450 m2 por tratamento, por bloco e por sítio. Foram coletados os diâmetros e alturas totais dos indivíduos com diâmetro a altura do peito (1,30 m do solo, DAP) ≥ 5 cm. Os estoques foram determinados por equações de modelos alométricos locais. O sítio NV teve maior volume de madeira (142,31 m3. ha-1). Mas houve maior densidade de indivíduos (906 ind. ha-1) no sítio AVA. O SEM apresentou maior estoque de madeira, porém não diferiu do DIV e SAFM. O estoque de biomassa arbórea foi maior no sistema SEM em relação aos demais. De modo geral, os sistemas menos complexos possuem maiores estoques de madeira e biomassa arbórea quando comparado aos sistemas mais complexos.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados