Avaliação dos efeitos do aparelho Herbst Splint metálico, no tratamento da má oclusão classe II divisão 1, após o surto de crescimento pubertário

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2007-12-13

Orientador

Raveli, Dirceu Barnabé

Coorientador

Pós-graduação

Ciências Odontológicas - FOAR

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Este estudo prospectivo sobre o aparelho Herbst splint metálico analisou as alterações esqueléticas e dentárias que contribuíram para a correção da Classe II divisão 1 em indivíduos tratados após o surto de crescimento pubertário. Além disso, foram avaliadas as alterações com relação à forma de avanço, ou seja, avanço único ou seqüencial. A amostra foi composta por 12 indivíduos, 07 do gênero feminino e 05 do gênero masculino, com idade média inicial de 15,51 anos. Para avaliação utilizou-se radiografias cefalométricas laterais iniciais e finais obtidas após um período médio de tratamento de 8,21 meses. A análise estatística foi realizada por meio do teste t de Student, com nível de significância de 5%. Para avaliação das alterações entre os dois tipos de avanço, o teste t de Student foi precedido pelo teste de Levene para a igualdade das variâncias. Os resultados mostram que não houve alteração significante no deslocamento da maxila, mas ocorreu crescimento mandibular e posicionamento mais anterior da mandíbula, aumento das alturas faciais anterior e posterior sem alterar o padrão facial e ausência de abertura do plano mandibular. As alterações dentárias caracterizam-se principalmente pela vestibularização dos incisivos inferiores, retroinclinação e extrusão dos incisivos superiores. Os molares superiores e inferiores mantiveram sua posição dentro da base óssea. Todos os indivíduos obtiveram relações oclusais Classe I ou Classe I sobrecorrigida. Observou-se que o tratamento com avanço único apresentou vestibularização, significantemente maior, dos incisivos inferiores que o tratamento realizado com avanço seqüencial, contudo não se observou diferença significante nas outras medidas. Concluiu-se que o aparelho de Herbst foi eficaz no tratamento da má oclusão Classe II em todos os indivíduos após o surto...

Resumo (inglês)

The present prospective study on Herbst cast splint assessed skeletal and dental alterations that contributed towards Class II correction in individuals treated after pubertal after growth spurt. In addition, the alterations were evaluated with regard to the form of advancement, that is, single or sequential advancement. The sample comprised 12 individuals, 07 female and 05 male, with initial mean age of 15,51 years. Initial and final lateral cephalometric teleradiographs obtained after a mean treatment period of 8,21 months were used to perform the evaluation. Statistical analysis was carried out using Student’s t test, with significance level of 5%. In order to evaluate the alterations between the two types of advancement, Student’s t test was preceded by Levene’s test to equal the variances. Results evidence that there was no significant alteration over the maxilla, there was stimulation of mandibular growth and more anterior positioning of the mandibula, increase in anterior and posterior facial heights with no alteration of the facial pattern, and absence of mandibular plane opening. Dental alterations were characterized mainly by the buccal tipping of mandibular incisors, as well as retroclination and extrusion of maxillary incisors. However, maxillary and mandibular molars maintained their position within the osseous base. All the individuals have obtained Class I or overcorrected Class I occlusal relationships. The treatment with single advancement was found to show significantly greater buccal tipping of the mandibular incisors than the treatment performed with sequential advancement; nevertheless, the other measurements have not shown significant difference. It was concluded that Herbst cast splint appliance was effective in treating Class II malocclusion in all the individuals after after growth spurt. Furthermore, the treatment with sequential advancement...(Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

MAIA, Savana de Alencar. Avaliação dos efeitos do aparelho Herbst Splint metálico, no tratamento da má oclusão classe II divisão 1, após o surto de crescimento pubertário. 2007. 143 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de Araraquara, 2007.

Itens relacionados