Aspectos produtivos do capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum.) cv. Roxo no brejo paraibano

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2001-02-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira de Zootecnia

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O trabalho foi realizado com o objetivo de verificar o efeito de diferentes alturas de corte sobre a produtividade do capim-elefante cv. Roxo em épocas de seca e chuva no Brejo paraibano. O esquema experimental foi um fatorial 4 x 2, sendo quatro alturas de corte (0, 15, 30 e 45 cm), duas épocas (períodos seco e chuvoso) e quatro blocos. Foram avaliadas as produções por hectare de massa verde (MV), matéria seca total (MS), de folhas (MSF) e colmos (MSC) e proteína bruta (PB). Após o corte de uniformização, efetuaram-se dois cortes no período seco em intervalos de 90 dias e três no período chuvoso em intervalos de 60 dias. Não houve interação entre altura de corte e a época. Entretanto, à medida que se elevou a altura do corte, reduziram-se as produções de MV, MS e MSC. As produções de PB e MSF não diferiram. Quando elevadas as alturas dos cortes de 0 para 45 cm, houve redução de aproximadamente 33% na produção para MV, 24,83% para MSF e 60% para MSC. Os cortes no período seco foram mais produtivos em relação aos da época chuvosa. As médias das produções de MS, MV, MSF, MSC e PB foram, respectivamente, 4,12; 21,19; 2,65; 1,47 e 0,32 t/ha no período seco e 12,44; 2,45; 1,81; 0,54 e 0,17 t/ha no período chuvoso.

Resumo (inglês)

This work was carried to evaluate the effect of different cutting heights on the productivity of elephant grass var. Roxo in dry and rainy season in the Paraíba swamp region. A randomized complete block design in a 4 X 2 factorial, arrangement, with four cutting heights (0, 15, 30 and 45 cm), two periods (dry and rainy seasons) and 4 blocks were used. It was evaluated the production/ha of fresh matter (FM), dry matter (DM), leaves (DML), stems (DMS) and crude protein (CP). After the uniformity cut, two cuts in dry season with 90 days interval and three cuts in the rainy season with 60 days interval were made. There was no interaction between seasons and cutting heights. However, as cutting height increased, the values of FM, DM and DMS productions decreased. The production of PB and MSF did not differ. When the cutting heights was evaluated from 0 to 45 cm, there was a reduction of the productions of approximately 33% for FM, 24.83% for DML and 60% for DMS. The cuts in the dry season were more productive than in the rainy season. The production averages of DM, FM, LDM, SDM and CP were: 4.12, 21.19, 2.65, 1.47 and 0.32 t/ha in the dry season, and 12.44, 2.45, 1.81, 0.54 and 0.17 ton/ha in the rainy season, respectively.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Brasileira de Zootecnia. Sociedade Brasileira de Zootecnia, v. 30, n. 1, p. 31-36, 2001.

Itens relacionados

Financiadores

Coleções