Aspectos lineares e espaciais da correlação entre a produtividade de forragem de milho e a porosidade do solo sob plantio direto

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-03-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Associação Brasileira de Engenharia Agrícola (SBEA)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A porosidade do solo é de extrema importância à produtividade agrícola, uma vez que, em condições adversas, pode dificultar a penetração das raízes e, consequentemente, limitar o adequado aproveitamento dos nutrientes e da água disponível. Na Fazenda Bonança, em Pereira Barreto - SP, em 2005, foi analisada a produtividade de forragem do milho (MSF), a macroporosidade (MA), a microporosidade (MI) e a porosidade total (PT) de um Latossolo Vermelho distrófico (Acrustox Háplico), sob plantio direto, em três profundidades. O objetivo foi estudar as correlações lineares e espaciais entre os atributos da planta e do solo, na tentativa de selecionar, entre os do solo, um indicador da sua qualidade física de boa representatividade para a produtividade da forragem. Foi instalada a malha geoestatística para a coleta dos dados do solo e da planta, contendo 125 pontos amostrais numa área de 2.500 m². Os atributos estudados apresentaram variabilidade entre baixa e muito alta. Também, seguiram padrões espaciais claramente definidos, com alcances da dependência espacial entre 6,6 e 31,1 m. Apesar da correlação linear simples entre a MSF e a MI na profundidade de 0,10-0,20 m ter sido baixa, foi extremamente significativa. Contudo, do ponto de vista espacial, houve elevada correlação inversa entre tais variáveis. Assim, a MI2 apresentou-se como satisfatório indicador da qualidade física do solo de Pereira Barreto - SP, quando destinado à produtividade de forragem do milho.

Resumo (inglês)

Soil porosity is of great importance for the crop yield, as the unfavorable conditions can hinder the roots penetration and, therefore, limit the appropriate nutrients and available water uptake. In the year of 2005, on Bonança farm, in Pereira Barreto - SP, Brazil, the corn forage yield (CFY), macroporosity (MA), microporosity (MI) and total porosity (TP) of a Typic Hapludox soil were analyzed concerning three different depths, under no-tillage. The objective was to analyze the variability and the linear and spatial correlations between soil and plant features, aiming at selecting a physical quality indicator which represents the forage yield. The geostatistical mesh to collect soil and plant data with 125 sampling stations has been established in an area of 2.500 m². In general, the studied features showed variability between low and very high. They were under clearly defined spatial patterns, with ranges of spatial dependence between 6.6 and 31.1 meters. Despite the fact that the simple linear correlation between CFY and MI at 0.10-0.20 m deep (M2) was low, it was extremely significant. However, from the spatial point of view, there was high inverse correlation between such variables. Therefore, the MI2 proved to be an excellent indicator for the soil physical quality of Pereira Barreto - SP, when it is intended to grow corn forage.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Engenharia Agrícola. Associação Brasileira de Engenharia Agrícola, v. 29, n. 1, p. 40-51, 2009.

Itens relacionados

Financiadores