Effects of Storage and Exogenous Ga3 on Lychee Seed Germination

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2000-01-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Brazilian Archives of Biology and Technology

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O trabalho teve como objetivo estudar os efeitos do tempo de armazenamento e de tratamentos com ácido giberélico, no processo germinativo de sementes de lichieira (Litchi chinensis Sonn.). As sementes foram retiradas de frutos maduros, lavadas, secas à sombra e colocadas para germinar imediatamente ou então, armazenadas em geladeira (8°C) por 15 e 30 dias. Os tratamentos corresponderam à imersão das sementes por 24 horas nas seguintes soluções com aeração: água, GA3 a 50, 100 e 200 mg.L-1. Através dos resultados obtidos, observou-se que as sementes perderam o poder germinativo, à medida que aumentou-se o tempo de armazenamento, sendo a porcentagem de germinação muito baixa (7%) aos 30 dias de armazenamento. O tempo médio de germinação foi menor após 15 dias de armazenamento.

Resumo (inglês)

The effects of storage time and exogenous gibberellic acid on lychee seeds germination were studied. The seeds were removed from ripe fruits, washed, dried, stored at 8°C for 0, 15 and 30 days, and soaked during 24 hours in water and GA3 at 50, 100 and 200 mg.L-1 solutions. As the storage period increased, the germination capacity was lost, and the seeds had a short germinability after 30-day storage period. Gibberellic acid had not significant effect on enhancing both the germination percentage and rate.

Descrição

Idioma

Inglês

Como citar

Brazilian Archives of Biology and Technology. Brazilian Archives of Biology and Technology, v. 43, n. 4, p. 0-0, 2000.

Itens relacionados

Financiadores