Análise do programa Supernanny e a repercussão nas famílias

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010

Orientador

Anaruma, Silvia Marina

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Pedagogia - IBRC

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

In the modern world it is common to witness the family or the school complaining about the behavior of children. Parents have lost control of how to educate their children, who have difficulty in following rules, boundaries and discipline. In the short time they stay with their children, their parents feel desperate in how to educate and seek the help of experts who apply techniques inspired by behavioral therapy. A recent phenomenon is the search of the family by the media, so that helps to set limits for their children. The main objective of this study is to identify intervention techniques used in television show called Supernanny, verifying the concept of education and its effects on family. The methodology is exploratory research, using technical analysis as a specific program for television, videorecorded. Data analysis was performed by a video recording of the three programs shown, which were compared using frames. Contact that currently, the parent-child relationship is permeated by a lack of boundaries, which causes families to seek guidance from experts and the media - which is one of the most powerful means of dissemination and communication. The program presents Supernanny behavioral techniques that seem to work with a simple sleight of hand, but in real life translates into a long-time adjustments, challenges and frustrations. Moreover, many of them induce the conditioning, to achieve something by means of strengthening and heteronomy, which leads the viewer to take a more critical eye on those programs

Resumo (português)

No mundo moderno é comum presenciar a família ou a escola reclamando do comportamento das crianças. Os pais perderam o controle de como educar seus filhos, que sentem dificuldades em seguir regras, limites e disciplina. No pouco tempo em que ficam com os filhos, os pais sentem-se desesperados em como educar e buscam a ajuda de especialistas, que aplicam técnicas inspiradas na terapia comportamental. Um fenômeno recente é a busca da família pela mídia, para que a ajude a dar limites aos filhos. O principal objetivo deste trabalho é identificar as técnicas de intervenção utilizadas no programa de televisão chamado de Supernanny, verificando a concepção de educação e seus reflexos na família. A metodologia é a pesquisa do tipo exploratória, usando como técnica a análise de um programa específico de televisão, gravado em vídeo. A análise de dados ocorreu por meio do registro em vídeo de três programas exibidos, que foram comparados por meio de quadros. Contata-se que na atualidade, a relação pais-filhos é permeada pela falta de limites, fazendo com que as famílias procurem orientação de especialistas e a mídia - que é um dos meios mais poderosos de divulgação e comunicação. O programa Supernanny apresenta técnicas comportamentais que parecem funcionar com um simples passe de mágica, mas que na vida real traduz um longo tempo de adaptações, desafios e frustrações. Além disso, muitas delas induzem o condicionamento, à realização de algo por meio de reforço e a heteronomia, o que leva o espectador a ter um olhar mais crítico em relação a esses programas

Descrição

Idioma

Português

Como citar

GALZERANO, Vanessa Barros. Análise do programa Supernanny e a repercussão nas famílias. 2010. 42 f. Trabalho de conclusão de curso (licenciatura - Pedagogia) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2010.

Itens relacionados

Financiadores