Alterações do abacate 'hass' submetidos à aplicação do 1-MCP

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2013

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

The present study aimed at the conservation of avocado 'Hass' with the use of 1-methylcyclopropene (1- MCP). The fruits after harvest were selected and exposed to different concentrations of 1-MCP (200 ppm, 300 ppm and 400 ppm) and after the procedure they were stored at 10 º C ± 1 to 90 ± 5% RH. Analyses of weight loss, firmness, enzyme activity of polyphenoloxidase (PPO) and polygalacturonase (PG). The analyzes were performed on fruit every 3 days for 15 days, after this period they were transferred to ambient conditions (23 ± 4 ° C and 70 ± 5% RH) for simulation of marketing. After 3 days at ambient conditions the last appreciation was performed. The experimental design was completely randomized with three replicates per treatment, using the Tukey test at 5% probability. The fruits under application of high doses of 1-MCP showed less weight loss over time. The 1-MCP was effective in maintaining fruit firmness but showed no effect on the enzymes polygalacturonase and pectin.

Resumo (português)

O presente trabalho teve como objetivo a conservação do abacate ‘Hass” com a utilização de 1- metilciclopropeno (1-MCP). Os frutos após a colheita foram selecionados e expostos a diferentes concentrações de 1- MCP (200 ppm, 300 ppm e 400 ppm) e após o procedimento foram armazenados sob refrigeração a 10ºC±1 e 90±5% de UR. Foram realizadas análises de perda de massa fresca, textura, e a quantificação de enzimas poligalacturonase e pectinametilesterase. As análises foram realizadas nos frutos a cada 3 dias, durante 15 dias, depois desse período os mesmos foram armazenados em condições ambiente ( 23±4ºC e 70±5% de UR) para simulação das condições de comercialização. Após 3 dias em condições ambientes foi realizada a última avaliação (dia 18). O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado, com 3 repetições por tratamento, utilizando-se o teste de Tukey a 5% de probabilidade. Os frutos sob aplicação de altas doses de 1-MCP apresentaram menor perda de massa ao longo do tempo. O 1-MCP foi eficiente na manutenção da firmeza dos frutos porém não demonstrou efeitos sobre as enzimas poligalacturonase e pectinametilesterase.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Energia na Agricultura, v. 28, n. 2, p. 129-134, 2013.

Itens relacionados