Influência da microgeometria no tecido ósseo periimplantar em implantes instalados em tíbia de ratos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-09-16

Orientador

Almeida, Juliano Milanezi de

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Odontologia - FOA

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

Changes in the macro and micro-geometry of dental implants are designed to increase the bone-implant contact and promote osseointegration especially in bone with lower density. The present study aims to evaluate the influence of micro-geometry on osseointegration of implants installed in the tibia of rats. Forty rats were used. The animals were randomly distributed into two experimental groups (n = 20): mμ Group - Implants (4.0 mm x 2.2 mm) with micrometric-scale surface; Nμ group nanometric-scale surface. The euthanasia was performed at either 30 or 60 days postoperative. The evaluation consisted of histological analyzes which were evaluated presence and degree of inflammation; nature of the inflammatory infiltrate; presence and extent of tissue necrosis; condition of the vasculature; pattern of cellularity of bone, conjuntive, adipose and hematopoietic and standard structure of the extracellular matrix of bone, conjuntive, adipose and hematopoietic. Within the limits of this study it can be concluded that surface implants nanometric scale surface does not accelerate the peri-implant bone repair process, or even can delay the osseointegration process

Resumo (português)

As modificações na macro e microgeometria dos implantes dentários têm por objetivo aumentar a superfície de contato osso-implante e favorecer a osseointegração principalmente em osso menos denso. Assim, o presente estudo tem por objetivo avaliar a influência da microgeometria na osseointegração de implantes instalados em tíbias de ratos. Quarenta ratos foram utilizados. Os animais foram aleatoriamente distribuídos em dois grupos experimentais (n=20): Grupo mμ - implantes (4,0 mm x 2,2 mm) com superfície confeccionada em escala micrométrica; Grupo nm - implantes com superfície confeccionada em escala nanométrica. As eutanásias ocorreram aos 30 e 60 dias pós-operatórios. A avaliação constou de análises histológicas onde foram avaliadas presença e grau de inflamação; natureza do infiltrado inflamatório; presença e extensão de necrose tecidual; estado da vasculatura; padrão de celularidade dos tecidos ósseo, conjuntivo, adiposo e hematopoético e; padrão de estruturação da matriz extracelular dos tecidos ósseo, conjuntivo, adiposo e hematopoético. Dentro dos limites do presente estudo pode-se concluir que implantes de superfície em escala nanométrica não acelera o processo de reparo ósseo periimplantar, ou mesmo pode atrasar o processo de ósseointegração

Descrição

Idioma

Português

Como citar

CAMPANHÃ, Hiram. Influência da microgeometria no tecido ósseo periimplantar em implantes instalados em tíbia de ratos. 2015. 34 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2015.

Itens relacionados

Financiadores