Níveis de vitamina C e ferro para tilápia do nilo (Oreochromis niloticus)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2002-11-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira de Zootecnia

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Os efeitos de diferentes níveis de vitamina C e ferro no desempenho produtivo e parâmetros fisiológicos da tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) foram avaliados por um período de 73 dias. O delineamento foi inteiramente casualizado, com tratamentos dispostos em esquema fatorial com três níveis de vitamina C (125; 375 e 1115 mg/kg) e três níveis de ferro (30, 90 e 270 mg/kg), mais um tratamento adicional (0 mg/kg de suplementação de vitamina C e ferro), com quatro repetições cada tratamento, totalizando 10 grupos experimentais. Utilizaram-se 240 alevinos revertidos com peso médio inicial de 7,46 ± 0,49 g, distribuídos aleatoriamente em 40 aquários de 250 L, numa lotação de 6 peixes/aquário. Confeccionou-se dieta purificada com 32,0% de proteína bruta e 3300 kcal/kg de energia digestível. A ausência de vitamina C e ferro nas dietas propiciou o aparecimento de anemia microcítica e hipocrômica aos alevinos. A presença dessa vitamina em dosagens elevadas estimulou a liberação de eritrócitos imaturos na corrente sangüínea. Determinou-se, também, que níveis desses acima das exigências nutricionais descritas para a espécie não determinaram efeito detrimental no desempenho produtivo, na produção de proteínas plasmáticas ou nos aspectos morfológicos do fígado.

Resumo (inglês)

The effects of different levels of vitamin C and iron on growth performance and physiological parameters on Nile tilapia (Oreochromis niloticus) were evaluated for 73 days. A factorial experiment with three levels of vitamin C (125; 375 e 1115 mg/kg) and three levels of iron (30, 90 e 270 mg/kg), plus an additional treatment (with 0 mg/kg of vitamin C and iron), was considered on a completely randomized design, with four replicates for each experimental group. It was randomly stocked 240 reverted fingerlings, an average weight of 7.46 ± 0.49 g, into 40, 250L, aquaria at a density of 6 fish/aquarium. A albumin-gelatin-diet was formulated to contain 32.0% of crude protein and 3,300 kcal/kg of digestible energy. Fingerlings of Nile tilapia fed diet without supplemental vitamin C and iron developed hypochromic microcytic anemia and the supplemental vitamin C determined the presence of immature erythrocytes on blood. It was also determined that iron serum concentration was influenced by vitamin C and iron supplied on diets, and that levels above to nutritional requirements for the specie did not determined detrimental effect on growth performance, plasmatic protein or morphologic characteristics of liver.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Brasileira de Zootecnia. Sociedade Brasileira de Zootecnia, v. 31, n. 6, p. 2149-2156, 2002.

Itens relacionados

Financiadores