Efeito da época de colheita e da calagem no rendimento de sementes comercializáveis de amendoim cv. Botutatu

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

1998-05-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

A field experiment was carried out to study the effects of liming and time of harvesting on peanut cv. Botutatu (Arachis hypogaea L.) seed yield and yield components in the period of July, 1991 to February, 1992, in São Manuel, State of São Paulo. The soil was a Dark Red Latosol (Hapludult, sandy loam), and the experimental design was a subplot replicated four times in completely randomized blocks. Lime levels (0.0 and 1.75 t/ha) were applied in the plots, and the subplots were nine weekly harvests, starting at 87 days after planting (DAP). There was no effect of lime on hulls or seed yield and on peanut yield components. The germination of seeds in hulls was incresead at each harvest and was lower at lime presence. The highest yield was observed at 129 DAP.

Resumo (português)

Estudou-se o efeito do momento de colheita e da calagem sobre os componentes de produção e o rendimento de sementes de amendoim (Arachis hypogaea L.) cv. Botutatu, na estação das águas no período de julho 1991 a fevereiro 1992, no município de São Manuel, SP. O solo foi classificado como Latossolo Vermelho-Escuro, textura média. O delineamento experimental empregado foi o de blocos ao acaso em parcelas subdivididas ('split-plot'), com quatro repetições. As parcelas constituíram-se de ausência (0 t/ha) e presença de calcário dolomítico (1,75 t/ha) e as subparcelas, de nove épocas de colheita realizadas em intervalos semanais, a partir do 87o dia após a semeadura. Os rendimentos de vagens e de sementes comercializáveis, assim como os componentes de produção, não foram afetados significativamente pela aplicação do calcário. A porcentagem de sementes germinadas nas vagens, que aumentou com o decorrer das colheitas, foi sempre menor na presença de calcário. A época de colheita que proporcionou o maior rendimento de sementes foi aos 129 dias após a semeadura, tanto na presença como na ausência de calcário.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Pesquisa Agropecuaria Brasileira, v. 33, n. 5, p. 665-675, 1998.

Itens relacionados

Financiadores