Aproveitamento de cinzas de caldeira para calagem do solo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-02-18

Orientador

Costa, Vladimir Eliodoro

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A energia renovável surgiu como uma fonte alternativa ao uso de combustíveis fósseis. A biomassa florestal é um resíduo utilizado para geração de energia em indústrias florestais. O processo de queima da biomassa gera as cinzas que são os materiais minerais que não fazem parte da queima, e não apresentam utilidade para as empresas do setor florestal. O objetivo deste estudo foi caracterizar as cinzas produzidas por uma caldeira de biomassa no período de um ano e concomitantemente avaliar o aproveitamento deste material como insumo para a produção de mudas de eucalipto em campo e de trigo em laboratório. O trabalho foi dividido em três capítulos onde o primeiro caracteriza as cinzas de uma caldeira ao longo do período de um ano, considerando os diferentes materiais que são inseridos. Concluiu-se que as cinzas apresentam características homogêneas independente da origem ou procedência. No capítulo dois, utilizou-se uma combinação de cinzas e biochar a base de madeira para o desenvolvimento inicial de trigo. Os resultados mostraram que a adição de cinzas em dosagens mais baixas possibilitou o melhor desenvolvimento do trigo, e a presença do biochar prejudicou a germinação e o produtividade. No terceiro capítulo, avaliou-se o crescimento do eucalipto com a substituição da calagem convencional pela adição das cinzas de caldeira no solo. Foi possível verificar o aproveitamento das cinzas de caldeira de biomassa no processo de calagem do solo para o desenvolvimento de eucalipto. Desta forma, os resultados do trabalho mostraram a viabilidade do aproveitamento de resíduos de caldeira de biomassa em empresas do setor florestal, possibilitando a aplicação do conceito de usos múltiplos das florestas plantadas.

Resumo (inglês)

Renewable energy has emerged as an alternative source for the use of fossil fuels. Forest biomass is a waste used to generate energy in forest industries. The biomass burning process generates the ashes, which are the mineral materials that are not part of the burning, and are of no use to companies in the forestry sector. This study aimed to characterize the ashes produced by a biomass boiler over a period of one year and simultaneously evaluate the use of this material as an input for the production of eucalyptus seedlings in the field and wheat in the laboratory. The work was divided into three chapters where the first characterizes the ashes of a boiler over the period of one year, considering the different materials that are inserted. It was concluded that the ashes have homogeneous characteristics regardless of origin or origin. In chapter two, a combination of ash and wood-based biochar was used for the initial development of wheat. The results showed that the addition of ash in lower dosages enabled better wheat development and the presence of biochar impaired germination and productivity. In the third chapter, eucalyptus growth was evaluated by replacing conventional liming with the addition of boiler ash in the soil. It was possible to verify the utilization of the biomass boiler ash in the process of liming the soil for the development of eucalyptus. In this way, the results of the work show the feasibility of using biomass boiler residues in companies in the forestry sector, enabling the application of the concept of multiple uses of planted forests.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados