Custo anual uniforme equivalente de máquinas de colheita florestal: uma abordagem estocástica

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-08-27

Orientador

Fenner, Paulo Torres
Simões, Danilo

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O sistema de colheita de árvores inteiras é realizado por um conjunto de máquinas autopropelidas que demanda importante aporte de capital, o qual implica diretamente no custo da colheita florestal mecanizada. Nesta perspectiva, torna-se fundamental a determinação da vida econômica, ou melhor, o momento em que a máquina executou suas funções, com o menor custo operacional, conseguinte, com menor custo de produção. Destarte, objetivou-se determinar a vida econômica de máquinas autopropelidas que compõe um modal de colheita florestal mecanizada sob condições de incertezas, utilizando o método de simulação de Monte Carlo para determinar as probabilidades dos valores do custo anual uniforme equivalente. Como premissa foram considerados dados históricos dos custos operacionais de máquinas autopropelidas, com vistas à construção de modelos matemáticos que associou os intervalos de incertezas e permitiu atribuir distribuições de probabilidades. Posteriormente, foram gerados números pseudoaleatórios por meio da simulação de Monte Carlo para mensurar os valores econômicos estocásticos. Os resultados evidenciaram que, o momento ótimo para a substituição do conjunto de máquinas que compõe o modal de colheita florestal mecanizada ocorreu no ano 4 da vida útil. No sistema de árvores inteiras, o feller-buncher foi o implemento que apresentou o maior custo médio nas operações e o grapple skidder o menor custo médio. Os elementos de custos que mais impactaram as operações das máquinas autopropelidas foram os custos de reposição de peças e custos com reparos e manutenção. As operações no ano 5 da vida útil do modal avaliado representaram um aumento de 18,33% no CAUE médio em relação ao ano da vida econômica encontrada.

Resumo (português)

The whole-tree harvesting system is carried out by a set of self-propelled machines, demanding significant capital subsidies, which directly imposes costs upon mechanized forest harvesting. Under this perspective, it is essential to determine the economic life, this is, the moment when the machine performed its functions at lowest operating cost, therefore, at lowest production cost. Thus, the objective of this study was to determine the economic life of self-propelled machines, which compose a mechanized forest harvesting mode under uncertainty conditions, applying the Monte Carlo simulation method to determine the probabilities of the equivalent annual uniform cost values. As a premise, historical data were considered, regarding operating costs of self-propelled machines, with a view to building mathematical models, which associated uncertainty intervals and allowed to assign probability distributions. Subsequently, pseudorandom numbers were generated by the Monte Carlo simulation method, in order to measure stochastic economic values. The results showed that, the optimal time to replace the set of machines composing the mechanized forest harvesting mode occurred in the 4th year of its useful life. In the whole-tree system, the feller-buncher was the implement that presented the highest average cost in operations and the grapple skidder the lowest average cost. The cost elements that most affected the self-propelled machine operations stemmed from parts replacement, as well as repair and maintenance costs. Operations during the 5th year of useful life of the evaluated mode represented an increase of 18.33% in the average EAUC in relation to the obtained year of economic life.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados

Financiadores