Identificação e caracterização de um isolado de Hydrangea ringspot virus em hortênsia no Estado de São Paulo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-06-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Grupo Paulista de Fitopatologia

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Plantas de hortênsia apresentando folhas com anéis cloróticos e necróticos, provenientes de Arujá, estado de São Paulo foram analisadas para identificação da espécie viral. Partículas alongadas filamentosas, medindo cerca de 490 nm, foram observadas ao microscópio eletrônico de transmissão. Oligonucleotídeos para Hydrangea ringspot virus (HdRSV), um potexvirus encontrado comumente na Europa e Estados Unidos da América, foram testados utilizando-se o RNA total extraído de hortênsia e amplificaram um fragmento em torno de 250 e 550 nucleotídeos. Os fragmentos apresentaram identidade de 88% e 96%, respectivamente com o HdRSV (número de acesso AJ 707100.1), indicando tratar-se desta espécie viral. Para avaliar a disseminação deste vírus foram analisadas 17 matrizes comerciais de hortênsia, da região de Arujá SP. em oito variedades foi constatada a presença do HdRSV sendo elas: 'Azul Rendado', 'Azul LZR', 'Renat Blue', 'Rosa Japonesa', 'Rosita' e 'Vermelho Comum'. Os isolados provenientes das variedades 'Azul LZR', 'Rosita', 'Renat Blue' e 'Vermelho Comum' não diferiram entre si em suas seqüências de aminoácidos na porção da replicase viral. Os isolados encontrados em 'Azul Rendado' e Rosa Japonesa' apresentaram pouca variabilidade na região analisada. Estas sequencias estão depositadas no GenBank sob número de acesso AY 707100 e NC_006943. Um anti-soro foi obtido para o HdRSV e pode ser eficientemente utilizado para detecção do vírus a partir de hortênsia e Primula malacoides, outra ornamental infectada pelo HdRSV.

Resumo (inglês)

Hydrangea plants showing leaves with chlorotic and necrotic rings from Arujá Municipality, São Paulo State, were analyzed for the identification of the viral species. Elongated filamentous particles of 490 nm were visualized under transmission electron microscope. Oligonucleotides for Hydrangea ringspot virus (HdRSV), a potexvirus commonly found in Europe and in the United States, were tested using total RNA from hydrangea plants, amplifying two fragments, one around 550 and another one of 250 nucleotides. Nucleotide identity with HdRSV (accession number AJ 707100.1) was 96% and 88% for the longest and shortest fragment, respectively, indicating the presence of this virus. To evaluate its dissemination in the matrices of hydrangea used in the commercial production, 17 samples were collected in the region of Arujá, and eight were infected by HdRSV. For the analyzed viral replicase portion, the isolates from the varieties 'Azul LZR', 'Rosita', 'Renat Blue' and 'Vermelho Comum' did not differ in their amino acid sequences from isolates with sequences deposited in the GenBank (accession numbers AY 707100 and NC_006943). The isolates from 'Azul Rendado' and Rosa Japonesa' showed few differences but were related to the remaining isolates. An antiserum was obtained for HdRSV and can be efficiently used to detect such virus in hydrangea and Primula malacoides, another ornamental plant also infected by HdRSV.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Summa Phytopathologica. Grupo Paulista de Fitopatologia, v. 37, n. 2, p. 125-128, 2011.

Itens relacionados