Uma leitura da prática profissional do professor de matemática

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-05-26

Orientador

Lins, Romulo Campos

Coorientador

Pós-graduação

Educação Matemática - IGCE

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Neste trabalho, apresentamos um estudo sobre os componentes que caracterizam a prática profissional do professor de matemática, segundo o entendimento de uma professora de ensino fundamental. Investigamos a produção de significados dessa professora para a sua prática, buscando estabelecer coerências que sustentem sua visão através de uma leitura plausível. Para tanto, utilizamos como procedimento metodológico um estudo de tipo etnográfico (ANDRÉ, 1995) e como referencial teórico da pesquisa o Modelo dos Campos Semânticos apresentado, por exemplo, em Lins (1993, 1996, 1999 e 2004) e Lins e Gimenez (1997). A pergunta diretriz dessa pesquisa é: quais são os componentes que caracterizam a prática profissional do professor de matemática, em seus próprios termos? As análises indicam o perfil de uma prática educativa idealizada pela professora no que se refere à sua prática cotidiana observada. Os depoimentos da professora mostram a sua expectativa para dominar formas eficientes de transmitir aos alunos os conteúdos matemáticos e de controlar a sala no que se refere à indisciplina. As demandas da prática, segundo sua visão, tiveram como foco questões ligadas ao gerenciamento de sala de aula que se mostraram mais evidentes do que as questões de ensino-aprendizagem. Porém, foi observado que a prática desta professora mostrou-se pouco flexível no sentido de buscar alternativas para lidar com essas demandas. Os depoimentos reforçam a idéia de que a professora luta para manter nas aulas de matemática seus valores que se mostram contrários aos valores que regem o comportamento dos alunos. As falas da professora sugerem que os formadores precisam entender a profissão docente levando em consideração o que o professor de matemática vive dentro da sala de aula, diante das demandas postas para ele, lidando com seus alunos reais.

Resumo (inglês)

In this work, we present a study about the components that characterize the Mathematics teachers’ professional practice, according to the understanding of a teacher who teaches in the elementary school. We have searched the production of meanings of this teacher for her practice, trying to establish coherences that support her point of view through a plausible reading. For that, we have used as a methodological procedure a study of ethnographic nature (ANDRÉ, 1995) and as a theoretical reference of this research we used the Model of Semantic Field presented, for example, in Lins (1993, 1996, 1999 e 2004) and Lins and Gimenez (1997). The main question of this work is: which are the components that characterize the professional practice of the Mathematics teachers, in his/her own terms? The analyses indicate the profile of an educational practice, idealized by the teacher, concerning her daily practice observed. The teacher’s statements show her expectations of both dominating efficient ways to transmit to the students the mathematical contents and controlling the class referring to the indiscipline. The demands of the practice, according to her point of view, have had as the focus issues related to the management in the classroom that have been more evident than the teaching-learning issues. However, it has been observed that the practice of this teacher seemed less flexible referring to the search for alternatives to deal with these demands. The statements reinforce the idea that the teacher fights to keep, in the Mathematics classes, her values that seemed to be opposite to the values that govern the students’ behavior. The teacher’s speeches suggest that the teacher educators need to understand the teaching profession with regard to what the Mathematics teachers face in the classroom, under the demands presented to him/her and dealing with his/her real students.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

FRANCISCO, Carlos Alberto. Uma leitura da prática profissional do professor de matemática. 2009. 189 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2009.

Itens relacionados