Novas perspectivas para a biologia do câncer: compreendendo as metástases

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012

Orientador

Menezes, Hércules

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Ciências Biológicas - IBRC

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

O câncer é um conjunto de mais de 100 doenças que atinge todas as faixas etárias e sociais, independente do sexo. Acomete milhões de pessoas no mundo inteiro anualmente, sendo grande causadora de mortes. De maneira sucinta, é caracterizado pelo descontrole na proliferação de células anormais.Células tidas como normais em um organismo vivem, proliferam-se (dividem-se) e morrem de maneira controlada, sem danos para o mesmo. Entretanto, algumas células podem não obedecer ao controle, e por ora, dividem-se rápido e desordenadamente, devido, provavelmente, um defeito na maquinaria da mesma, acometendo o material genético. Com danos, a célula recorre ao sistema de reparo, o qual, por sua vez, pode não responder, e assim são originadas as células cancerosas. Esse crescimento exagerado leva consequentemente, a um maior número de células anormais, formando uma grande massa conhecida como tumor ou neoplasia maligna. Há dois tipos de tumores, o benigno e o maligno, sendo que a diferença entre eles está na agilidade do crescimento de suas células e também no deslocamento destas para outras partes do corpo. As células dos tumores benignos apresentam um crescimento lento quando comparado às células malignas, bem como não se deslocam do local de origem, e assim, não se propagam para outras partes do corpo. Já as células malignas apresentam características opostas às benignas; elas possuem a propriedade de se disseminar entre tecidos normais, formando tumores secundários. Tal processo de deslocamento de células cancerígenas de um determinado local para outro, implicando na formação de um novo tumor neste local, é conhecido como metástase. Aproximadamente 90% das mortes por câncer estão associadas à metástase, que mesmo com grandes avanços da ciência ainda é um processo pouco compreendido. Um fato importante na compreensão da metástase foi a divisão... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

PIACENTINI, Amanda Bernardini. Novas perspectivas para a biologia do câncer: compreendendo as metástases. 2012. 70 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2012.

Itens relacionados

Financiadores